Flip inicia venda ingressos; veja os destaques da programação

Festa Literária de Paraty ocorre de 30 de julho a 3 de agosto

O Estado de S. Paulo

30 Junho 2014 | 22h29

Os ingressos para 12ª Festa Literária Internacional de Paraty começaram a ser vendidos na última segunda-feira, 30. As entradas ainda podem ser adquiridas pela internet (no site da empresa Tickets For Fun), pelo telefone 4003-5588, nas bilheterias do Citibank Hall em São Paulo e no Rio, ou em postos de venda credenciados (disponíveis também no site da empresa). A Flip ocorre entre os dias 30 de julho e 3 de agosto.

O escritor Millôr Fernandes é o homenageado da edição de 2014. Esta é a primeira vez que um autor contemporâneo é escolhido. Entre outros, estarão presentes Jhumpa Lahiri, Silviano Santiago, Eleanor Catton, Jorge Edwards, Daniel Alarcón, Juan Villoro, Bernardo Kucinski, Sérgio Augusto.

Como os ingressos costumam esgotar em alguns minutos, a dica é fazer um cadastro prévio no site (para isso, é necessário informar um número de telefone, RG, CPF e endereço). Os tickets para a programação principal, na Tenda dos Autores, custam R$46, e têm direito à meia-entrada estudantes, idosos com mais de 60 anos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos pertencentes à família de baixa renda.

Uma das atrações mais aguardadas desta edição da Flip é a britânica Jhumpa Lahiri. A escritora vem ao evento no dia 2 de agosto para lançar o livro Aguapés. Em entrevista ao Estado na semana passada, a inglesa disse que o tempo é um personagem importante deste novo romance. "Essa história foi a primeira que concebi como um livro, mas, quando comecei a escrevê-la, vi como eu era extremamente inexperiente, sem ferramentas e perspectiva."

Nascida em 1967, ano do massacre da aldeia de camponeses, o crime rondava as conversas que ouvia quando criança. "As pessoas comentavam a situação de Calcutá e, mesmo quando eu ia para lá nos anos 1970, o assunto ainda era muito presente. Até que eu fiquei sabendo de algo terrível que tinha acontecido perto de onde meus avós viviam: alguns garotos foram executados na frente de suas famílias. Foi aí que pensei no livro."

Outra atração bastante aguardada é o escritor Almeida Faria. Aos 71 anos, o português escreveu um romance essencial para entender o processo que levou o Portugal profundo, adormecido, a se livrar do fantasma salazarista, A Paixão, originalmente publicado em 1965 e agora relançado pela Cosac Naify, que traz o escritor para a Flip no dia 3 de agosto, quando ele participa de uma mesa ao lado do chileno Jorge Edwards. O título faz alusão à sexta-feira da Paixão - e essa referência diz respeito principalmente à ressurreição do homem autônomo, livre da prisão do passado.

Em entrevista ao Estado o português falou sobre sua obra. "É possível que alguns escritores, raríssimos, sejam visionários. A própria palavra latina 'vates', sinônimo de poeta, significa "aquele que vaticina". Francamente, não reclamo tal capacidade. A Paixão não antevia acontecimentos, limitava-se a soltar desesperos e raivas."

Veja a programação completa da Flip

30 de julho - quarta-feira

19h - Conferência de abertura, com o crítico de arte Agnaldo Farias

"Millormaníacos", com Hubert, Reinaldo e Jaguar

31 de julho - quinta-feira

9h30 - Mesa Zé Kleber (programação a ser anunciada)

12h - "Poesia & Prosa", com Charles Peixoto, Eliane Brum e Gregorio Duvivier

15h - "Os possessos", com Elif Batuman e Vládímir Sorókin

17h15 - "Fabulação e Mistério", com Eleanor Catton e Joël Dicker

19h30 - "Paraty, Veneza do Atlântico Sul", com Francesco Del Co e Paulo Mendes da Rocha

21h30 - "Porque era ele, porque era eu", com Mathieu Lindon e Silviano Santiago

1º de agosto - sexta-feira

10h - "O guru do Méier", com Cássio Loredano, Claudius e Sérgio Augusto

12h - "À mesa com", com Michael Pollan

15h - "Marcados", com Claudia Andujar e Davi Kopenawa

17h15 -  "Livre como um táxi", com Antonio Prata e Mohsin Hamid

19h30 - "Encontro com Andrew Solomon"

21h30 - "2x Brasil", com Cacá Diegues e Edu Lobo

2 de agosto - sábado

10h - "Liberdade, liberdade", com Charles Ferguson e Glenn Greenwald

12h - "Memórias do cárcere: 50 anos do golpe", com Bernardo Kucinski, Marcelo Rubens Paiva e Persio Arida

15h - "A verdadeira história do Paraíso", com Etgar Keret e Juan Villoro

17h15 - "Tristes trópicos", com Beto Ricardo e Eduardo Viveiros de Castro

19h30 - "Encontro com Jhumpa Lahiri"

21h30 - "Narradores do poder", com David Carr e Graciela Mochkofsky

3 de agosto - domingo

10h - "Ouvir estrelas", com Marcelo Gleiser e Paulo Varella

12h - "Romance em dois atos", com Daniel Alarcón e Fernanda Torres

14h - "Os sentidos da paixão", com Almeida Faria e Jorge Edwards

16h - "Livros de cabeceira - Convidados da Flip leem e comentam trechos de seus autores favoritos"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.