Marijan Murat/ EFE
Marijan Murat/ EFE

Escritor polonês Adam Zagajewski ganha Prêmio Princesa das Astúrias de Letras

Poeta e ensaísta se transforma no primeiro autor de língua polonesa a ganhar a honraria

O Estado de S.Paulo

08 Junho 2017 | 09h55

O escritor polonês Adam Zagajewski foi agraciado nesta quinta-feira, 8, com o Prêmio Princesa das Astúrias de Letras, vencendo 38 candidaturas de 23 países.

Zagajewski (Lviv, 1945), dissidente do regime comunista que proibiu sua obra na Polônia, se exilou em 1982 durante duas décadas na Alemanha, França e Estados Unidos.

Candidato ao Nobel desde 2007, o poeta e ensaísta se transforma no primeiro autor em língua polonesa a obter o Prêmio Princesa das Astúrias de Letras em suas 37 edições.

A candidatura de Zagajewski foi proposta pelos escritores John Banville e Richard Ford, premiados em 2014 e 2016, e pelo Prêmio Príncipe das Astúrias de Artes 2001, Krzysztof Penderecki, e respaldada pelos pesquisadores Juan Ignacio Cirac e Roy Glauber (Nobel de Física 2005) bem como por Adam Michnik, redator-chefe de "Gazeta Wyborcza", e pelo Instituto Polaco de Cultura de Madri.

Graduado em Filosofia e Psicologia pela Universidade Jaguelônica, na Cracóvia, o autor agraciado faz parte da chamada Geração de 68 ou da Nova Onda, formada por autores decididos a se comprometer politicamente nas suas obras, como Kornhauser, Kipska, Krynicki e Baranczak.

O prêmio será entregue em outubro em uma cerimônia que será presidida pelos reis da Espanha. EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.