Camila Del Nero
Camila Del Nero

CBL anuncia o novo curador do Jabuti, Luiz Armando Bagolin

O ex-diretor da Biblioteca Mário de Andrade estará à frente do Prêmio nos próximos dois anos

Amilton Pinheiro, O Estado de S.Paulo

04 Abril 2017 | 00h00

A grande novidade anunciada pelo novo curador do prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro (CBL), Luiz Armando Bagolin, é o período em que ele permanecerá no cargo, apenas dois anos, sem direito a renovação. Diferentemente dos seus dois últimos antecessores, José Goldfarb, que ficou na função por 23 anos, e Marisa Lajolo, que pediu para sair por causa de compromissos particulares, depois de três anos à frente do Jabuti. “Acho que é um tempo razoável para se fazer um bom trabalho, e acredito que a renovação é sempre necessária para que algo se aperfeiçoe”, diz Bagolin com exclusividade ao Estado, na sede da CBL.

O curador compreende que o momento agora é de se inteirar sobre o que é o prêmio Jabuti. “Estou me debruçando sobre as últimas edições, principalmente a do ano passado”, revela, e fala que já conversou com Marisa Lajolo e pretende se encontrar com José Goldfarb.

Uma outra novidade do prêmio, que pode ocorrer ainda este ano, segundo Bagolin, será a inclusão de uma nova categoria (entre as 27 já existentes) no Jabuti, a de Histórias em Quadrinhos (HQ). “Há até um abaixo-assinado para incluirmos essa categoria na próxima edição. Sou fã de quadrinhos, e quando estive à frente da Biblioteca Mário de Andrade, criei uma sala exclusiva para HQ”, conta ainda. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.