1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Bienal do Livro traz eventos sobre Julio Cortázar

Maria Fernanda Rodrigues - O Estado de S. Paulo

23 Agosto 2014 | 03h 00

Debates e peças para crianças estão na programação, ao lado da reedição de obras que estavam fora do catálogo, como 'Bestiário'

No ano do centenário de nascimento de Julio Cortázar, os leitores brasileiros voltam a encontrar algumas de suas principais obras nas livrarias. Há anos fora de catálogo, Bestiário, lançado originalmente em 1951 e considerado como um dos principais livros do autor, ganhou nova tradução, de Ari Roitman. A Civilização Brasileira, que edita o autor aqui, acaba de relançar, também com novas capas, Um Tal Lucas e Final do Jogo.

A Fascinação das Palavras - Conversas Com Julio Cortázar, do uruguaio Omar Prego Gadea, também volta em nova edição. A obra conta, em fotos e textos, sobre a militância política, o jazz e a literatura a partir da conversa entre o escritor e o jornalista.

A editora encomendou a Eric Nepomuceno uma nova tradução de O Jogo da Amarelinha, mas ainda não marcou o lançamento. Outro livro novo, lançado pela editora Dsop, é Cortázar - Notas Para Uma Biografia, de Mario Goloboff.

A Recordeditora criou, aliás, o ciclo “Todo Cortázar 100 anos - Um Só Autor, Muitas Artes”, em parceria com o Instituto Cervantes, que abriga o evento no Rio até o fim de agosto. Em São Paulo, Angélica Freitas, Reinaldo Moraes e Ronaldo Bressane falam sobre a obra do argentino com mediação de Gabriela Longman, na terça-feira. O encontro ocorre às 19h30, na Livraria da Vila (loja Fradique) ao som de uma banda de jazz, uma das grandes paixões de Cortázar.

Divulgação
Julio Cortázar

O centenário do escritor é tema de uma série de festejos país afora. Na terça, ele é destaque na Bienal do Livro. Ao lado de Jorge Luís Borges e Gabriel Garcia Márquez, ele será tema de debate que reunirá Elsa Osorio, José Eduardo Agualusa e Socorro Acioli no Salão de Ideias, às 20 h.

Para as crianças, a partir das 10 h, na Praça da Palavra, começa o espetáculo Fantástico Cotidiano, com a Cia Ju Cata-histórias. E, a partir das 14 h, o Grupo Matula Teatro sobe ao palco do Anfiteatro para encenar o peça Imago - Uma Lua N’Água.

No Sesc Santo André, destaque para “Encontro com Cortázar”, dia 16 de setembro, com o escritor Julián Fuks, o professor de filosofia Fabiano Barboza Viana e o jornalista Reynaldo Damazio.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo