Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Bienal do Livro traz eventos sobre Julio Cortázar

Literatura

Bienal do Livro traz eventos sobre Julio Cortázar

Debates e peças para crianças estão na programação, ao lado da reedição de obras que estavam fora do catálogo, como 'Bestiário'

0

Maria Fernanda Rodrigues,
O Estado de S. Paulo

23 Agosto 2014 | 03h00

No ano do centenário de nascimento de Julio Cortázar, os leitores brasileiros voltam a encontrar algumas de suas principais obras nas livrarias. Há anos fora de catálogo, Bestiário, lançado originalmente em 1951 e considerado como um dos principais livros do autor, ganhou nova tradução, de Ari Roitman. A Civilização Brasileira, que edita o autor aqui, acaba de relançar, também com novas capas, Um Tal Lucas e Final do Jogo.

A Fascinação das Palavras - Conversas Com Julio Cortázar, do uruguaio Omar Prego Gadea, também volta em nova edição. A obra conta, em fotos e textos, sobre a militância política, o jazz e a literatura a partir da conversa entre o escritor e o jornalista.

A editora encomendou a Eric Nepomuceno uma nova tradução de O Jogo da Amarelinha, mas ainda não marcou o lançamento. Outro livro novo, lançado pela editora Dsop, é Cortázar - Notas Para Uma Biografia, de Mario Goloboff.

A Recordeditora criou, aliás, o ciclo “Todo Cortázar 100 anos - Um Só Autor, Muitas Artes”, em parceria com o Instituto Cervantes, que abriga o evento no Rio até o fim de agosto. Em São Paulo, Angélica Freitas, Reinaldo Moraes e Ronaldo Bressane falam sobre a obra do argentino com mediação de Gabriela Longman, na terça-feira. O encontro ocorre às 19h30, na Livraria da Vila (loja Fradique) ao som de uma banda de jazz, uma das grandes paixões de Cortázar.

O centenário do escritor é tema de uma série de festejos país afora. Na terça, ele é destaque na Bienal do Livro. Ao lado de Jorge Luís Borges e Gabriel Garcia Márquez, ele será tema de debate que reunirá Elsa Osorio, José Eduardo Agualusa e Socorro Acioli no Salão de Ideias, às 20 h.

Para as crianças, a partir das 10 h, na Praça da Palavra, começa o espetáculo Fantástico Cotidiano, com a Cia Ju Cata-histórias. E, a partir das 14 h, o Grupo Matula Teatro sobe ao palco do Anfiteatro para encenar o peça Imago - Uma Lua N’Água.

No Sesc Santo André, destaque para “Encontro com Cortázar”, dia 16 de setembro, com o escritor Julián Fuks, o professor de filosofia Fabiano Barboza Viana e o jornalista Reynaldo Damazio.