Bret Hartman/Reuters
Bret Hartman/Reuters

Escritor best-seller, James Patterson vira editor de livros infantis

Ele anunciou a criação da Jimmy Patterson durante a Book Expo America; o lucro será revertido para projetos de formação de leitores

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

30 Maio 2015 | 15h05

Em 2013, James Patterson, um dos escritores mais ricos do mundo segundo a Forbes, anunciou a doação de US$ 1 milhão para livrarias independentes dos EUA e Reino Unido. Agora, ele revela, ao lado dos grupos Hachette e Little, Brown, a criação de uma editora infantil para livros dele e de outros autores. O que ele quer com a iniciativa é ajudar na formação de leitores. 

O lucro da  Jimmy Patterson será revertido para causas que são caras ao criador do detetive Alex Cross, como a sustentabilidade do mercado editorial, a sobrevivência de bibliotecas e, sobretudo, a formação de leitores que se mantenham interessados em literatura por toda a vida.

O livros de Patterson para adultos são publicados no Brasil pela Arqueiro, selo de ficção da Sextante. Os infantis estão no catálogo do selo Irado, da Novo Conceito.

Ele, que já vendeu mais de 30 milhões de exemplares no mundo todo, dificilmente entra nas listas de mais vendidos por aqui.

Mais conteúdo sobre:
Cultura Literatura Mercado editorial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.