Adélia Prado vence prêmio Griffin no Canadá

Poeta brasileira foi agraciada com o galardão internacional, já recebido por Tomas Tranströmer e Seamus Heaney

O Estado de S. Paulo

05 Junho 2014 | 15h13

A poeta brasileira Adélia Prado foi anunciada nesta quarta-feira, 4, vencedora da edição de 2014 do The Griffin Trust for Excellence in Poetry Lifetime Recognition Award. O prêmio é oferecido pela Griffin Trust, instituição canadense fundada em 2000 pelo empresário e filantropo Scott Griffin, e nomes como Tomas Tranströmer e Seamus Heaney, que também já foram agraciados com o Prêmio Nobel de Literatura, receberam o reconhecimento em anos anteriores.

Desde 2006, os conselheiros da instituição (que inclui nomes como Margaret Atwood e Michael Ondaatje) escolhem um poeta para ser honrado com o reconhecimento, "um tributo para o trabalho e conquistas de artistas internacionais que trabalham com poesia", segundo o site da instituição.

Além de Tranströmer e Heaney, já foram agraciados com o reconhecimento o poeta americano e canadense Robin Blaser, o ensaísta e poeta francês Yves Bonnefoy, o escritor e editor alemão Hans Magnus Enzensberger, a poeta americana Adrienne Rich e o poeta coreano Ko Un.

A Griffin Trust também dá um prêmio nacional e um internacional de poesia, e se diz o maior do mundo cujo objeto é a primeira edição de um livro de poemas. A cerimônia de entrega acontece nesta quinta-feira, em Toronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.