Vida Alves lança livro sobre a TV nos idos do primeiro beijo hétero

Houve um tempo em que a telenovela nem era diária e beijo na boca entre homem e mulher na TV era notícia relevante. Vida Alves, a eterna protagonista do primeiro beijo da TV brasileira, presidente da Pró-TV e incentivadora maior de um museu para o veículo, conta essa e outras histórias em um novo livro. Televisão Brasileira - O primeiro beijo e outras curiosidades inaugura o selo da Coleção Pró-TV, em parceria com a In House. O lançamento será no dia 28, no restaurante Gigetto, hoje instalado no Bexiga, reduto da classe artística desde os tempos em que a TV Excelsior tinha suas instalações no Teatro Cultura Artística.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

18 Abril 2014 | 02h10

Vida Alves fala sobre o contexto daquele beijo entre ela e Walter Forster na primeira novela do País (Sua Vida Me Pertence: TV Tupi, 1951), da criação dos primeiros grupos de televisão e dos primórdios da teledramaturgia aqui. Primeiro diretor de TV da América Latina, Cassiano Gabus Mendes ilustra a capa da publicação, ao lado do também veterano Dermival Costalima.

Para compor o cenário da época, a atriz também ouviu vários amigos contemporâneos seus, como Lima Duarte, Eva Wilma, Laura Cardoso, Rolando Boldrin, Ana Rosa, Annamaria Dias, Márcia Real e Vera Nunes, entre outros. O livro também traz depoimentos inéditos de profissionais que morreram, casos dos diretores Luiz Gallon e Antonino Seabra e da atriz Lia de Aguiar (a primeira da TV brasileira), que são originais do acervo audiovisual da Pró-TV. Mais de 150 imagens, também parte do acervo da associação, ilustram a obra.

Richard Ramussem está de malas prontas para a África, onde gravará novo programa para o Nat Geo.

Compromisso. Vice-presidente Artístico e de Programação da Record, Marcelo Silva mandou distribuir pelo RecNov, complexo cenográfico da Record no Rio, uma carta aos funcionários, em que desmente notícias sobre a venda da propriedade.

Compromisso 2. "O RecNov tem vários projetos em andamento e outros em planejamento", diz a carta de Silva. "Estamos no ar com a novela Pecado Mortal e a minissérie Milagres de Jesus. Gravamos e entrou em processo de finalização a série Conselho Tutelar. Foi iniciado o processo de escalação da minissérie Plano Alto. O segundo horário de novelas já tem Os Dez Mandamentos em pré-produção. Vamos ainda realizar uma segunda temporada de Milagres de Jesus e já estamos em processo de análise da sinopse da novela que vai substituir Vitória. (...)"

A Record deu início, em 2013, a vários projetos com produtoras independentes, mas não pretende terceirizar a realização de suas novelas, certa de que o gênero demanda conhecimento e ritmo específico.

Camisa nova. Longe do figurino de Agostinho, Pedro Cardoso começou a gravar o quadro que comandará no novo Fantástico, a partir do dia 27. A ideia é promover um show de improviso com presença de plateia, de onde virá a sugestão do tema que ele encenará.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.