1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Vestidos de Frida Kahlo são expostos pela primeira vez

Reuters

28 Setembro 2012 | 20h 34

Os coloridos vestidos da pintora mexicana Frida Kahlo serão expostos pela primeira vez em novembro, após passarem meio século escondidos por solicitação do marido dela, o aclamado muralista Diego Rivera.

Curadores da "Casa Azul", museu dedicado a Kahlo na Cidade do México, descobriram 300 vestidos, trajes de banho, acessórios e fotos em 2004, e agora estão preparando a exposição de 22 itens de um guarda-roupa que fez da artista um ícone de estilo.

"Devemos lembrar que Frida, como Diego, queria que as cores, o traje e a cultura das mulheres mexicanas fossem públicas e conhecidas", disse Carlos Philips, diretor dos museus que expõem a obra de Kahlo e Rivera.

Kahlo, que morreu de pneumonia em 1954, aos 47 anos, teve uma vida conturbada por causa de problemas físicos e relacionamentos amorosos. Ela foi ligada ao Partido Comunista Mexicano e defendia ardorosamente a cultura tradicional do seu país.

(Reportagem de Manuel Carrillo)