Danny Moloshok/Reuters
Danny Moloshok/Reuters

Stan Lee Media processa Disney por uso de personagens da Marvel

Foco da ação são filmes da Disney com personagens da Marvel, como 'Os Vingadores', que arrecadou mais de 1,5 bilhão de dólares nas bilheterias

RONALD GROVER, Reuters

11 Outubro 2012 | 10h07

A Stan Lee Media, empresa que diz deter os direitos sobre personagens da Marvel como Homem-Aranha e Homem de Ferro, abriu um processo judicial contra a Disney, pleiteando "bilhões de dólares em lucros".

O desenhista Stan Lee, que não é mais ligado à Stan Lee Media, criou muitos dos personagens fixos da Marvel. A empresa alega que Lee cedeu em 1998 os direitos desses personagens, mas que um mês depois entregou os mesmos direitos à Marvel Enterprises.

Em 2009, a Disney adquiriu a Marvel Enterprises, então rebatizada de Marvel Entertainment, por 4,3 bilhões de dólares. A Stan Lee Media foi fundada em 1999, com o objetivo declarado de "abrir processos para recuperar danos ao seu patrimônio".

"A Walt Disney Company representou ao público que ela, de fato, possui os direitos sobre esses personagens e sobre centenas de outros personagens criados por Stan Lee", diz a ação, protocolada num tribunal do Colorado.

O foco da ação são filmes da Disney com personagens da Marvel, como Os Vingadores, que arrecadou mais de 1,5 bilhão de dólares nas bilheterias do mundo todo.

Em nota, a Disney disse que "a ação não tem mérito", e "decorre de alguns fatos e alegações judiciais que já foram rejeitados por três juízes de tribunais federais".

Mais conteúdo sobre:
MIDIA MARVEL DISNEY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.