Shrek Terceiro é um sucesso nas bilheterias do País

Terceiro filme da série estrelada pelo ogro atrai 1,4 milhões às salas de cinema

Agencia Estado

07 Junho 2021 | 12h56

Em seu primeiro fim de semana em cartaz no País, o filme Shrek Terceiro atraiu 1,4 milhões de pessoas às salas de cinema e consagrou-se como a melhor estréia da história brasileira de uma filme da Paramount, deixando para trás A Era do Gelo 2, segundo informa a distribuidora. A terceira aventura do ogro também conseguiu a marca de segunda melhor bilheteria do Brasil deste ano, atrás apenas de Homem-Aranha 3. O filme chega ao Brasil após uma série de recordes internacionais. Nos EUA, vendeu US$ 122 milhões em ingressos no primeiro fim de semana que ficou em cartaz, assumindo a posição de melhor abertura de animação de todos os tempos e melhor bilheteria de um filme na história do cinema nos Estados Unidos. Posições similares estão sendo registradas em vários países. Em Shrek Terceiro, após a morte do rei Harold (voz de John Cleese), pai de Fiona (Cameron Diaz), Shrek (Mike Myers) repentinamente precisa virar rei. Em crise existencial e não se sentindo preparado para o cargo, ele, o Burro (Eddie Murphy) e o Gato de Botas (Antonio Banderas) precisam encontrar alguém para assumir o trono no Reino Tão, Tão Distante. Para substituí-lo, o principal candidato é o primo de Fiona, Artie (Justin Timberlake), um cavaleiro fracassado e frouxo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.