Sequestrador de cão exige US$350 mil de resgate na Colômbia

Um sequestrador colombiano exigiu 350 mil dólares para devolver uma pastor alemão levado de uma família rica em Bogotá, mandando inclusive como prova de vida um vídeo e um bilhete que dizia "É assim que seu cachorro chora à noite". Uma unidade anti-extorsão da polícia, usada para rastrear vítimas humanas na capital mundial dos sequestros, foi colocada no caso de Aldo de Fescol, o cão capturado no mês passado. Os sequestradores aparentemente burlaram os sistema de segurança onde Aldo vivia, dando em seguida um tranquilizante ao animal e saindo com ele quando a família não estava em casa. "Eles não levaram mais nada. Eles foram direto no cachorro", informou a polícia. O sequestro é um grande negócio na Colômbia, onde os narcotraficantes lutam há quatro décadas. Mais de 3 mil colombianos estão atualmente em cativeiro, a maioria sequestrada por guerrilhas. (Por Hugh Bronstein)

REUTERS

19 Outubro 2007 | 16h06

Mais conteúdo sobre:
ODD CAO SEQUESTRADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.