1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Saem os finalistas de dois prêmios literários

Raquel Cozer e Ubiratan Brasil - O Estado de S. Paulo

01 Setembro 2010 | 14h 51

Prêmio Jabuti teve número recorde de inscritos; Portugal Telecom não teve unanimidades

Dois dos principais prêmios literários anunciaram seus finalistas. Nesta quarta-feira (1), na Câmara Brasileira do Livro, foram conhecidos os 10 títulos em cada uma das 21 categorias que concorrem ao 52º Prêmio Jabuti. E, na noite de terça-feira, saiu a lista dos 10 livros que concorrem ao 8º Prêmio Portugal Telecom.

 

Na comparação entre todos os finalistas, seis autores saíram com indicação nos dois prêmios: Chico Buarque de Holanda com Leite Derramado, Carlos de Britto Mello com A Passagem Tensa dos Corpos, Bernardo Carvalho com O Filho da Mãe, Rodrigo Lacerda com Outra Vida, entre os romances, e Ondjaki com Avó Dezanove e o Segredo do Soviético, entre os juvenis, além de Lar, livro de poesia de Armando Freitas Filho.

 

Veja também:

linkLista dos dez indicados nas 21 categorias do Prêmio Jabuti

 

 

 

Com um número recorde de inscritos (2.867 livros), o Jabuti privilegiou tanto nomes de autores conhecidos, como Luis Fernando Verissimo (Os Espiões) e João Ubaldo Ribeiro (O Albatroz Azul), como também de jovens talentos - é o caso da gaúcha Carol Bensimon e seu Sinuca Embaixo d'Água. A lista de romances contou também com um título já premiado neste ano: Se Eu Fechar os Olhos Agora, de Edney Silvestre, vencedor na categoria estreante do Prêmio São Paulo de Literatura. Com isso, ele faturou R$ 200 mil. Curiosamente, o ganhador entre os veteranos, A Minha Alma É Irmã de Deus, de Raimundo Carrero, não se classificou entre os finalistas.

 

Os vencedores do Jabuti serão anunciados no dia 4 de novembro, quando cada um receberá R$ 3 mil.

 

Na terça- feira (31), antes do anúncio do Portugal Telecom, a coordenadora da curadoria, Selma Caetano, afirmou que, diferentemente da edição anterior, nesta não houve nenhuma unanimidade do júri na avaliação das obras concorrentes - tanto que, das 54 semifinalistas, 38 tiveram voto de ao menos um dos 11 jurados.

 

A Companhia das Letras emplacou seis dos dez livros que vão à final, incluindo os dois únicos de não-brasileiros, Caim, do português José Saramago (1922- 2010), e AvóDezanove e o Segredo do Soviético, do angolano Ondjaki. Entre os títulos de brasileiros, a editora teve selecionados A Passagem Tensa dos Corpos, de Carlos de Brito Mello, Lar, de Armando Freitas Filho, O Filho da Mãe, de Bernardo Carvalho, e Leite Derramado, de Chico Buarque.

 

Da Objetiva/Alfaguara, concorrem aos prêmios de R$ 100 mil (1º colocado), R$ 35 mil (2º) e R$ 15 mil (3º) Outra Vida, de Rodrigo Lacerda, e Pornopopeia, de Reinaldo Moraes. Olhos Seco (Rocco), de Bernardo Ajzenberg e Monodrama (7Letras), de Carlito Azevedo, completam a lista.

 

Durante os argumentos para as escolhas dos finalistas, o curador Manuel da Costa Pinto destacou a presença da poesia nesta edição, com os livros de Armando Freitas Filho e de Carlito Azevedo, mas chamou mais a atenção o comentário de Leyla Perrone-Moisés sobre Pornopopeia. "Este livro provocou bastante discussão hoje cedo", começou, referindo-se ao fato de se tratar de um "coquetel de sexo e aventuras amorais". "O que interessa é que é uma grande orgia verbal", avaliou. O resultado final sai no dia 8 de novembro.

 

Confira os dez finalistas do Prêmio Portugal Telecom:

A Passagem Tensa dos Corpos - Carlos de Brito Mello

Avó Dezanove e o Segredo do Soviético - Ondjaki

Caim - José Saramago

Lar - Armando Freitas Filho

Leite Derramado - Chico Buarque

Monodrama - Carlito Azevedo

O Filho da Mãe - Bernardo Carvalho

Olhos Secos - Bernardo Ajzemberg

Outra Vida - Rodrigo Lacerda

Pornopopéia - Reinaldo Moraes

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo