'Profissão Repórter' vira formato à venda

Além de novelas e séries, a Globo adere à tendência mundial de exportar o formato de programas de TV também na área do jornalismo. Dono de receita muito particular, o Profissão Repórter também integra o catálogo de vendas internacionais da Globo no quesito formato. "Já tivemos alguns interessados, mas é um programa de alto custo", o que torna as negociações mais cautelosas, contou à coluna o diretor executivo de produção internacional da emissora, Guilherme Bokel, na Mipcom, feira de TV em Cannes. O custo do Profissão se justifica pela presença de mais de uma equipe em torno de um mesmo assunto, o que faz a essência do programa, indicado ao último Emmy.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

15 Outubro 2012 | 03h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.