Piratas do Caribe 3 lidera bilheteria também no Brasil

Filme protagonizado por Johnny Depp atrai 2,2 milhões de pessoas no País

Agencia Estado

07 Junho 2012 | 03h38

Piratas do Caribe - No Fim do Mundo pode não ter estourado como o segundo filme da série, O Baú da Morte, lançado em 2006, mas atraiu milhões de espectadores do País aos cinemas. De acordo com a assessoria de imprensa Walt Disney, estúdio responsável pelo terceiro filme da saga, 2,2 milhões de pessoas foram conferir as novas aventuras do capitão Jack Sparrow. Com isso o longa, que estreou nas salas de cinema do Brasil em 25 de maio, ficou outra vez em primeiro lugar no ranking dos mais vistos do fim de semana. Nos Estados Unidos, Piratas do Caribe - No Fim do Mundo também manteve a liderança pelo segundo final de semana consecutivo e já acumula bilheteria de cerca de US$ 218 milhões. Somando com a renda obtida no mercado internacional, de mais de US$ 408 milhões (R$ 793 milhões), o filme já faturou, ao todo, aproximadamente US$ 626 milhões (R$ 1,2 milhões). Neste último de semana, Johnny Depp ainda conquistou a estatueta de melhor ator no MTV Movie Awards 2007, em Los Angeles, pela interpretação do capitão Sparrow em Piratas do Caribe - O Baú da Morte, filme que também foi premiado no evento. O longa que inaugurou a série, A Maldição da Pérola Negra, de 2003, arrecadou US$ 653 milhões (R$ 1,2 bilhões) em todo o mundo. O Baú da Morte foi o de maior bilheteria, com US$ 1,1 bilhão (R$ 2,2 bilhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.