1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Osklen vai à SPFW inspirada em Inhotim

Flavia Guerra - O Estado de S. Paulo

03 Abril 2014 | 17h 07

Equipe passou vários dias no instituto em Minas para criar vídeo e exposição de fotos

A Osklen organizou, no início da tarde desta quinta-feira, uma apresentação em seu showroom para mostrar sua coleção de verão da São Paulo Fashion Week. Quem chegava à casa nos Jardins, encontrava as peças nas araras em exposição, além de um vídeo que exibia cenas da preparação da coleção, inspirada no Instituto Inhotim, em Minas Gerais.

Mais que inspiração, o espaço que abriga e une a arte contemporânea e um jardim botânico serviu de cenário e universo para a imersão que Oskar Metsavaht fizeram pelas obras e pela atmosfera do lugar. "É um lugar maravilhoso, mágico, em que a arte inspira e emociona. Foi uma experiência incrível poder levar minha equipe, que passou vários dias estudando o lugar, as formas, as cores, as referências, os tecidos com que iríamos criar a coleção", contou o diretor criativo da marca.

"Mas como interpretar a experiência de Inhotim? Como traduzir a natureza exuberante, o branco e o azul do céu, os reflexos dos vidros, as sombras das obras?", questionou Oskar.

A resposta vem em uma coleção que surge como uma pintura. O branco das peças iniciais vai se colorindo em vestidos, blusas, casaquinhos e camisas em que as folhagens de Inhotim são impressas. Para reproduzir o jardim de dia, o fundo é branco. Já quando a toma surge, o fundo das peças se torna preto, dando sofisticação às peças.

A silhueta da coleção, como é já clássico na Osklen, é bem cortada e feminina, mas ampla. Os materiais que também caracterizam a marca estão presentes, como o algodão orgânico e o couro de pirarucu, que ganham a companhia dos materiais tecnológicos. "É esta combinação entre o clássico e o novo, a tradição e a pesquisa, que diferencia nossa moda. E não falo só da Osklen quando digo isso. Acho que o Brazilian Soul, este nosso jeito de ser, tem que se aliar à moda de qualidade para que nos tornarmos competitivos e únicos no mercado global", comentou o diretor criativo. "Neste contexto, a união da arte com a moda é natural e oportuna. Primeiro porque queria discutir a forma como a arte influencia a moda. E vice versa. Nesta nossa experiência com a coleção, perguntamos: 'O que é? Moda ou arte? A arte deixa se ser arte quando vira moda?", questionou. "É muito bom este momento para que a gente discuta questões como esta. Não é mero acaso que a SP Arte está acontecendo no mesmo momento em que a SPFW. O Ministério da Cultura também está atento à moda. E nós temos de saber que moda não é exatamente arte, mas é design e faz parte de nossa cultura."

Como fruto do hibridismo que a Osklen promoveu para sua atual coleção, além de uma exposição com fotos de making of do trabalho, Oskar e sua equipe estão preparando um vídeo. Espécie de registro e videoarte, o trabalho está em finalização e ainda não tem data para ser exibido.