Morre o escritor Shlomo Venezia

O escritor italiano Shlomo Venezia, que sobreviveu ao campo de concentração nazista de Auschwitz-Birkenau, morreu em Roma, aos 89 anos. Sua morte foi anunciada ontem pelo prefeito da capital italiana, Gianni Alemanno. Shlomo Venezia, que nasceu em Salonica, na Grécia, e era cidadão italiano, relatou sua experiência no livro Sonderkommando - No Inferno das Câmaras de Gás (Objetiva), publicado em 2007. Foi um dos 70 sobreviventes dos "sonderkommando", comandos formados por prisioneiros judeus. Ontem, ainda, Alemanno afirmou que acelerará a construção de museu dedicado ao Holocausto em Roma. / EFE

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2012 | 03h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.