1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Morre no Rio o ator e diretor Fábio Junqueira

Da Redação

21 Novembro 2008 | 10h 44

Junqueira, pai do também ator Caio Junqueira, de 'Tropa de Elite', lutava contra tumor maligno no cérebro

O ator e diretor Fábio Junqueira morreu aos 52 anos na noite de quinta-feira, 20, no Rio de Janeiro, segundo confirmou a Casa de Saúde São José. Junqueira estava internado desde julho no local e, de acordo com a assessoria, havia dado entrada com um quadro de edema cerebral e lutava contra um tumor maligno no cérebro.   Na época, o diretor, pai do também ator Caio Junqueira, de Tropa de Elite, passou por uma cirurgia delicada e estava em coma induzido desde então. A morte foi por volta das 22h20.   O velório de Junqueira acontecerá nesta sexta no Cemitério São João Batista, no Rio, onde também será o sepultamento, às 16 horas.   Ator de cinema e televisão, Junqueira trabalhou em diversas tramas conhecidas, como Malhação (1995), Torre de Babel (1998), O Clone (2001), O Quinto dos Infernos (2002) e Mulheres Apaixonadas (2003). A Escrava Isaura (2004), na Rede Record, foi seu último trabalho na telinha.