1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mestre Didi morre aos 95 anos

O Estado de S. Paulo

06 Outubro 2013 | 19h 15

O escritor e artista plástico baiano é reconhecido internacionalmente por obras que representam a estética afro-brasileira

Reconhecido internacionalmente pela estética afro-brasileira, o artista plástico, babalorixá e escritor baiano Deoscóredes Maximiliano dos Santos, conhecido como Mestre Didi, morreu em Salvador, aos 95 anos, em decorrência de câncer.

O enterro foi na tarde deste domingo, 6, no Cemitério Jardim da Saudade, na capital baiana. Filho da ialoriá Maria Bibiana do Espírito Santo, a Mãe Senhora, Mestre Didi se notabilizou por criação de esculturas inspiradas na representação de orixás do candomblé.