Marcelo Camelo renova banquinho e violão e aponta para MPB do futuro

Compositor carioca se diz feliz de ver sua obra associada à cidade do Rio de Janeiro.

Rodrigo Pinto, BBC

12 Outubro 2012 | 10h18

Marcelo Camelo iniciou a carreira profissional na universidade, quando formou a banda Los Hermanos, que, em poucos anos, se tornaria um dos principais expoentes da música produzida no Rio nos anos 1990 e 2000.

Os Los Hermanos lançaram o primeiro disco em 1999, iniciando uma carreira curta, mas de muitos sucessos de público e crítica.

Em 2008, depois de anunciado um hiato na carreira da banda, Camelo lançou seu primeiro disco em carreira individual, intitulado 'Sou'. No ano passado, viria 'Toque dela'.

Entre shows eventuais dos Los Hermanos e uma bem-sucedida carreira solo, Camelo vem se destacando como um dos mais consistentes e criativos músicos de sua geração, detentor de uma sensibilidade que o coloca no patamar de outros grandes compositores da Música Popular Brasileira.

'Janta'

No Latam Beats, Camelo interpreta "Janta", canção de seu primeiro álbum.

Os oito episódios da série Latam Beats têm como objetivo mostrar a nova produção musical e a diversidade artística dos países latino-americanos a uma audiência estimada em 250 milhões de pessoas em todo o planeta.

Na semana que vem, o Latam Beats exibe o trabalho do argentino Diego Torres.

O Latam Bets foi produzido e realizado por Owain Rich, Chris West, Rhian John Hankinson, Ben Honeybone, Ant Miller, Derrick Evans, Peter Price, Steve Hillman, Tom Hannen, Tom Burchell, James Birtwistle, Rosario Gabino, Luiza Campanelli, Mauricio Moraes e Rodrigo Pinto. A série foi gravada nos estúdios da BBC em Londres (S6, Bush House, e Maida Vale Studio 3) e, ainda, no Lowswing Studio (Berlim) e no Estúdio YB (São Paulo). BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
also latam beats marcelo camelo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.