Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Julian Assange, do WikiLeaks, estrela episódio de 'Os Simpsons'

Cultura

Divulgação

Cultura

GENTE

Julian Assange, do WikiLeaks, estrela episódio de 'Os Simpsons'

Australiano será um vizinho da família de Homer no episódio número 500

0

REUTERS

31 Janeiro 2012 | 10h08

O polêmico fundador da organização WikiLeaks, Julian Assange, será um personagem convidado e vai emprestar sua voz a um episódio da série animada de comédia Os Simpsons. Ele será um vizinho da família, depois que os Simpsons se mudarem de sua casa na cidade ficcional de Springfield.

 

A breve participação de Assange como personagem convidado irá ao ar nos EUA no programa de 19 de fevereiro, que marca o episódio número 500 de "Os Simpsons", disse Antonia Coffman, porta-voz de série que é transmitida na Fox Television.

No episódio, a família Simpsons - Homer, Marge, Bart, Lisa, Maggie e os animais de estimação - se muda para uma área inóspita e isolada onde eles são vizinhos de Assange, que interpreta ele mesmo.

 

O produtor-executivo do Os Simpsons, Al Jean, disse à revista Entertainment Weekly que a equipe criativa da série sabe que Assange é "polêmico", mas ao elaborar o programa eles procuraram não tocar em sua "situação legal". Em vez disso, os roteiristas asseguraram que a aparição dele fosse cômica. Assange gravou suas falas remotamente da Inglaterra.

 

O australiano está atualmente sob prisão domiciliar perto de Londres e prestes a comparecer perante a Suprema Corte britânica, na quarta-feira, para apelar da extradição para a Suécia, onde ele é acusado de comportamento sexual impróprio por duas ex-voluntárias do WikiLeaks.

 

Ele enfureceu autoridades norte-americanas em 2010 quando o WikiLeaks, que tinha parcerias com os maiores jornais do mundo, vazou uma leva de despachos diplomáticos que expuseram as visões sinceras de diplomatas norte-americanos e de seus aliados sobre uma variedade de assuntos, incluindo as guerras no Afeganistão e, na época, no Iraque.

(Por Alex Dobuzinskis)

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.