J.K. Rowling só revela final de Harry Potter ao seu marido

Especulação só cresce, após revelação de que dois personagens vão morrer

Agencia Estado

25 Junho 2007 | 15h59

J.K. Rowling revelou o final do ansiosamente aguardado último livro de sua série sobre Harry Potter... Mas apenas ao seu marido. As especulações sobre quem vai morrer em Harry Potter and the Deathly Hallows (título provisório no Brasil: Harry Potter e as Insígnias Mortais) correm soltas desde que, no ano passado, a escritora britânica J.K. Rowling revelou que pelo menos dois personagens vão morrer. Ela não deu nenhuma pista sobre quais são, e nem mesmo Daniel Radcliffe, o ator que representa Harry Potter nas adaptações dos livros feitas em Hollywood, foi informado do segredo antes da publicação do sétimo livro da série, marcada para 21 de julho. "Nenhum de nós tem direito de ver o livro com antecedência", disse Radcliffe em coletiva de imprensa concedida na sexta-feira para divulgar Harry Potter e a Ordem da Fênix, o quinto filme da franquia de filmes Harry Potter. "Acho que só o marido de J.K. Rowling descobriu o que acontece, e há pouco tempo. Acho que ninguém mais sabe." O ator de 17 anos disse anteriormente que esperava que Harry morresse no final do último livro, mas desta vez se mostrou mais cauteloso. "Dois anos atrás eu disse que gostaria que Harry morresse, porque isso seria um final conclusivo. Mas não vou falar isso agora, senão no dia seguinte as manchetes dirão que ´Radcliffe quer ver Harry morto,"´ disse ele. Harry e Voldemort "Acho que seria apropriado, de certa maneira, porque, se você pensa na profecia feita sobre Harry e Voldemort, um deles terá que morrer. Acho que pode ser ele, mas acho isso baseado em nada." No filme mais recente, Harry descobre que não será possível que tanto ele quanto seu inimigo Voldermort sobrevivam, levantando a possibilidade de que um deles ou ambos morram no final. Os editores vêm tendo grande trabalho para proteger o conteúdo do último livro de Harry Potter até o lançamento, que promete ser um dos maiores eventos na história dos livros. Já foram vendidos mais de 325 milhões de cópias dos seis primeiros livros, e os quatro filmes lançados até hoje já acumulam cerca de 3,5 bilhões de dólares em vendas mundiais de ingressos. "Harry Potter e a Ordem da Fênix" chega aos cinemas no início de julho. No início da semana, um hacker de computador postou na Internet o que disse serem detalhes chaves da trama do último livro que ele teria obtido ao invadir um computador da editora Bloomsbury, de Londres. A editora se negou a comentar as declarações do hacker.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.