Jeanine Reis assume secretaria

A ministra Marta Suplicy nomeou ontem Jeanine Pires como nova secretária executiva do Ministério da Cultura. Ela substitui Victor Ortiz, levado ao posto pela ex-ministra Ana de Hollanda, de quem era o principal homem de confiança no ministério.

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2012 | 03h17

Formada em História, com especialização em Economia do Turismo, Jeanine Pires foi presidente da Embratur entre 2006 e 2010. Antes de aceitar o convite de Marta, ela presidia o Conselho de Turismo e Negócios da Fecomércio de São Paulo, além de trabalhar como palestrante no Brasil e no exterior.

Em comunicado oficial divulgado ontem, a ministra ressaltou seu "perfil técnico" e disse que ela trabalhará articulando a produção cultural e a imagem do Brasil no exterior, apostando na "importância da cultura para a identidade e a imagem de um país". Dentro de casa, no entanto, ela terá ao menos dois desafios imediatos: a aprovação pelo Congresso do Vale Cultura - que tanto Juca Ferreira quanto Ana de Hollanda não conseguiram concretizar - e do aumento no orçamento do ministério. Procurada pela reportagem do Estado, a secretária executiva não atendeu ao pedido de entrevista até o fechamento desta edição.

Essa é a segunda alteração no alto escalão do ministério feita pela ministra Marta Suplicy. Dias após assumir o cargo, na última semana de setembro, ela anunciou a substituição na presidência do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan): Jurema de Souza Machado passou a ocupar o lugar deixado por Luiz Fernando de Almeida, que presidia o órgão desde 2006 e, segundo a ministra, deixou "o Iphan bem organizado e com bastante projetos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.