Hong Kong coloca mortos em caixões de papel

Objetivo é oferecer alternativas favoráveis ao meio ambiente.

BBC Brasil, BBC

23 Outubro 2007 | 05h55

Hong Kong lançou uma opção mais barata e menos poluidora para lidar com seus mortos. A cidade agora oferece caixões feitos de papel reciclado e comprimido, que são mais adequados para a cremação. Hong Kong tem pouco espaço para cemitérios e também sofre com a poluição. Agora, os novos caixões custam metade do preço dos caixões tradicionais e demoram até meia hora menos para serem cremados - uma vantagem em um local cada vez mais acostumado à cremação. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
hong kong caixão papel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.