Reuters
Reuters

Hollywood rodará filme sobre Charles Manson, assassino da atriz Sharon Tate, mulher de Polanski

Produção terá como base entrevista que ele deu apresentador Tom Snyder, em 1981

EFE

12 Abril 2017 | 17h05

O estúdio Bohemia Group Originals, recém-chegado a Hollywood, rodará uma filme sobre a entrevista feita pelo popular apresentador Tom Snyder em 1981 com o assassino em série Charles Manson, informou nesta quarta-feira, 12, o site da revista Variety.

Susan Ferris, presidenta da companhia, supervisará o projeto, que conta com um roteiro de Kevin Courtney e Ron Pivo.

"Estas figuras da vida real são papéis magníficos e queremos levar isso à grande tela", apontou Ferris. "As questões subjacentes da história, com particular ênfase no jornalismo contundente, são muito oportunas", acrescentou.

A história se centra no momento em que Snyder, que vivia então um declínio em sua trajetória profissional e buscava por todos os meios uma exclusiva de impacto para reavivar seu programa noturno Tomorrow, consegue essa entrevista com a ajuda de seu novo produtor-executivo, Roger Ailes.

Aquele encontro, que significou a primeira entrevista pessoal que Manson deu desde sua prisão, provocou uma série de repercussões que mudaram o formato dos programas noturnos da televisão americana para sempre.

Manson, o famoso líder da seita que assassinou a atriz Sharon Tate, esposa do cineasta Roman Polanski, e mais seis pessoas em Los Angeles (Califórnia), está preso desde 1969, condenado à prisão perpétua.

Apesar da entrevista obtida por Snyder, seu programa de televisão foi cancelado em 1992.

Ailes, não obstante, se tornou um dos fundadores do canal Fox News em 1996, mas acabou se demitindo no ano passado após ser denunciado por assédio sexual por várias ex-repórteres da cadeia. EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.