1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Gisele Bundchen é a modelo mais bem paga do mundo pelo oitavo ano, diz Forbes

REUTERS

18 Agosto 2014 | 17h 14

Com ganhos estimados em 47 milhões de dólares no ano passado, de contratos lucrativos e outros negócios, a brasileira Gisele Bundchen foi a modelo mais bem paga do mundo pelo oitavo ano consecutivo, informou a revista Forbes nesta segunda-feira em seu site (Forbes.com).

A gaúcha de 34 anos, mulher do jogador de futebol americano Tom Brady, do New England Patriots, e mãe de dois filhos, ultrapassou fácil suas maiores rivais, a modelo holandesa Doutzen Kroes, de 29 anos e uma das estrelas da grife Victoria's Secret, que lucrou 8 milhões de dólares sem contar impostos, e a também brasileira Adriana Lima, de 33 anos, que arrecadou o mesmo valor e também desfila para a famosa marca.

"O ícone do Brasil embolsou 47 milhões de dólares nos últimos doze meses, sem contar impostos”, publicou a Forbes.com, acrescentando que Gisele recebeu 16 milhões de dólares a mais que o marido.

A modelo tem contratos com as grifes H&M, Chanel e Carolina Herrera, entre outras, além de linhas de lingerie e sandálias.

"Bundchen, que é seguida por 2,7 milhões de pessoas no Instagram, acumulou 386 milhões de dólares trabalhando como modelo desde 2001", segundo a Forbes.com.

A revista calculou os ganhos das modelos entre junho de 2013 e junho de 2014 e analisou a renda de cosméticos, patrocínios, propagandas e perfumes.

A modelo britânica Kate Moss, de 40 anos, rosto da joalheria de luxo David Yurman, também ficou entre as mais bem pagas, arrecadando 7 milhões de dólares, assim como a norte-americana Kate Upton, de 22 anos, capa da revista Sports Illustrated e novata na lista que ficou entre as cinco primeiras do ranking.

Outras estreantes na lista das 21 mais bem-sucedidas, que levantaram um total de 142 milhões de dólares, foram a modelo inglesa Cara Delevingne, de 22 anos, e a norte-americana Karlie Kloss, da mesma idade.