1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Fernanda Montenegro é Simone de Beauvoir no teatro

Luís Souza - O Estado de S. Paulo

22 Maio 2009 | 11h 57

Atriz volta aos palcos após 8 anos fazendo cinema e TV; peça se baseia em cartas trocadas com Sartre

Duas mulheres extraordinárias dialogam em um monólogo: 'Viver Sem Tempos Mortos', que estreia nesta sexta-feira, 22, em São Paulo já com ingressos esgotados. Uma delas é Fernanda Montenegro. Aos 79 anos, a atriz volta aos palcos, após oito dedicados à TV e, principalmente, ao cinema. A outra é a filósofa e escritora francesa Simone de Beauvoir (1908-1986).

 

Veja também:

Fernanda Montenegro volta aos palcos com monólogo

Em livros como ‘O Segundo Sexo’ (1949), Simone revolucionou o feminismo ao afirmar que um ser humano se torna mulher não por suas características biológicas. Mas pelo o que a cultura determina ser feminino.

‘Viver Sem Tempos Mortos’ é uma compilação do pensamento da filósofa. O mote do espetáculo é a correspondência dela com o também filósofo Jean-Paul Sartre, seu companheiro intelectual e afetivo. Sozinha no palco, Fernanda se confunde com a escritora por aproximadamente uma hora. E ela faz isso sem recursos materiais. Sua Simone não usa turbantes, como os que a pensadora exibe em várias fotografias, nem tem os trejeitos da francesa.

A interpretação combina com o cenário minimalista de Daniela Thomas. A concisão foi uma escolha estética do diretor Felipe Hirsch. “Fernanda se aproximou de Simone pela emoção, tornando a montagem intimamente ligada às palavras”, explica.

O espetáculo faz parte do projeto ‘Caminhos da Liberdade’, que inclui ainda a exibição do documentário ‘Uma Mulher Atual’ (4ª, 20h, grátis), sobre a vida da filósofa, seguido de um debate com o professor de história da arte Jorge Coli. É uma alternativa (e um consolo) para quem não conseguiu ingresso.

Para marcar a estreia da peça, o Divirta-se pediu ajuda a Fernanda para ‘entrevistar’ Simone de Beauvoir. Na conversa com a atriz, trechos marcantes da peça vieram à tona e foram organizados aqui como respostas da filósofa. E o Divirta-se ainda imaginou o que Simone diria a Fernanda.

Sesc Consolação. Teatro (320 lug.).

R. Dr. Vila Nova, 245, V. Buarque, 3234-3000. 5ª e 6ª, 21h; sáb., 20h; dom., 18h. Até 28/6. R$ 30. Estreia para o público hoje (22). Ingressos esgotados.