FBI encontra milhões de dólares em armazém de David Copperfield

Agentes do FBI apreenderam quase 2 milhões de dólares em dinheiro vivo num depósito em Los Angeles pertencente ao ilusionista David Copperfield, informou a mídia local na quinta-feira. Na blitz realizada na noite de quarta-feira, os agentes também confiscaram um disco rígido de computador e chip de memória de um sistema de câmeras digitais. De acordo com a imprensa, a blitz se seguiu a uma investigação em Seattle. "Fomos informados de que há uma investigação em curso, estamos em contato com os investigadores e estamos respeitando o sigilo da investigação," disse o advogado de Copperfield, David Chesnoff, em comunicado citado por televisões de Las Vegas. A emissora local KLAS-TV, filiada à CBS, citou uma fonte que teria dito que o dinheiro estava num cofre e que foi apreendido pelos agentes. Copperfield, 51 anos, cujo nome real é David Kotkin, é famoso por truques como o de fazer a Estátua da Liberdade desaparecer e passar andando através da Grande Muralha da China. Ele se apresenta regularmente no hotel MGM Grand, em Las Vegas.

REUTERS

19 Outubro 2007 | 10h36

Mais conteúdo sobre:
GENTE COPPERFIELD FBI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.