Editora Foz lança e-book com canções

Isa Pessoa trabalhou durante 17 anos na editora Objetiva, capitaneando importantes lançamentos que ajudaram a consolidar a empresa como uma das principais do ramo livreiro no País. Até chegar o momento de cuidar sozinha do próprio espaço - Isa deixou a empresa e, depois de passar uma temporada na Itália, voltou para fundar a editora Foz, cujos primeiros lançamentos chegam agora às livrarias.

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2012 | 03h16

O primeiro conjunto de autores que assinaram com nova casa formam uma seleção brasileira das letras: além de Marcelo Rubens Paiva, estão também Francisco Bosco (cujo livro de ensaios Alta Ajuda é lançado agora), Chico Buarque de Holanda, Aldir Blanc, Nelson Motta, Tatiana Salem Levy, José Eduardo Agualusa, Mario Prata e Ruy Castro, entre outros.

"Cada um recebe um tratamento especial - não tenho pressa em lançar sempre alguma coisa apenas para marcar posição", conta Isa, que quase faz um trabalho artesanal, tamanho o cuidado com os novos lançamentos.

O grande diferencial da Foz, no entanto, é sua aposta na combinação tecnologia/educação. Trata-se da coleção digital Mestre-Sala, que tem a supervisão da pesquisadora Marisa Lajolo. São títulos baseados em canções clássicas da MPB cuja leitura permite a abertura de links para mapas, fotos, depoimentos, ilustrações. Ou seja, ao mesmo tempo em que desfruta da letra da canção, o leitor/aluno acumula conhecimentos geográficos, históricos, sociológicos.

"A ferramenta digital não pode apenas conter a transposição do texto publicado em livro de papel", acredita Isa. "É preciso que a obra também fale, tenha imagens em movimento."

Os primeiros livros chegam no início do próximo ano e serão baseados em Morena de Angola, de Chico Buarque, O Mestre-Sala dos Mares, de João Bosco e Aldir Blanc, e João e Maria, de Chico e Sivuca. Os próprios autores falarão sobre o processo de criação da obra e sobre o momento em que viviam na época. A confecção de cada livro envolve cerca de 80 pessoas a um custo aproximado de R$ 100 mil. / U.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.