Editor da BBC deixa cargo por escândalo sobre apresentador

O editor do principal programa de notícias da BBC deixou o cargo, nesta segunda-feira, depois que a emissora pública afirmou que as explicações dele sobre o cancelamento de uma reportagem investigativa a respeito de supostos abusos sexuais cometidos por um de seus ex-apresentadores era "imprecisa e incompleta".

Reuters

22 Outubro 2012 | 09h38

A BBC enfrenta uma crescente crise devido a alegações de que seus chefes encobriram acusações contra Jimmy Savile, um de seus principais apresentadores durante os anos de 1970 e 1980, que morreu no ano passado.

Peter Rippon, editor de "Newsnight", disse que havia engavetado o documentário sobre as acusações contra Savile pouco depois de sua morte por motivos editoriais e que a investigação havia focado apenas em falhas institucionais da polícia e promotores.

Esta explicação, porém, foi contestada publicamente pelos jornalistas do programa.

"A explicação do editor em seu blog sobre a decisão de derrubar a investigação do programa é imprecisa e incompleta em alguns aspectos", disse a BBC em comunicado, confirmando que Rippon estava renunciando ao cargo.

(Reportagem de Michael Holden)

Mais conteúdo sobre:
MIDIA BBC ESCANDALO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.