Divulgação
Divulgação

Dez exposições gratuitas para visitar em São Paulo

De Picasso a Paulo Leminski, exposições gratuitas em São Paulo trazem obras de movimentos modernos e contemporâneos.

Tulio Kruse, Yury Ferrero, O Estado de S. Paulo

24 Março 2015 | 15h40

Uma nova temporada de mostras gratuitas tem início em São Paulo com atrações nacionais e internacionais, somando-se a exposições de longa duração da programação cultural da cidade. Nesta terça-feira, 24, a obra de Picasso entra em exposição no Centro Cultural Banco do Brasil junto a artistas espanhóis renomados como de Miró, Dalí e Gris.

As principais atrações culturais de graça na cidade são obras dos movimentos modernos e contemporâneos, como as fotografias de Gertrudes Altschul, a pintura abstrata de Samson Flexor, a literatura de Paulo Leminski. Entre os destaques está a retrospectiva experimental com as obras da artista sérvia Marina Abramovic na mostra Terra Comunal, no SESC Pompeia, que convida o público a desacelerar, como você confere no vídeo da TV Estadão abaixo.

O Estadão elaborou uma lista com dez atrações culturais gratuitas que valem colocar na agenda do fim de semana. Veja a seguir:

Picasso e a Modernidade Espanhola

Com a curadoria de Eugenio Carmona, a exposição mostra a trajetória do pintor até tornar-se mito, com a realização de sua mais conhecida obra, Guernica, de 1937. Sua relação com outros mestres da arte, como Gris, Miró, Dalí, Domíngues e Tàpies, será lembrada por meio de pinturas dos colegas.

Endereço: CCBB - SP - Rua Álvares Penteado, 112 - Sé - Centro

Quando: De 24/03 a 08/06, de quarta a segunda-feira das 9h às 21h.

Informações: (11) 3113-3651 ou 3649

-

Marina Abramovic. Terra Comunal

A trajetória da artista sérvia é contada de forma imersiva no Sesc Pompeia. Marina Abramovic estará no Brasil durante toda a exposição. Na programação inicial, ela fará oito encontros com o público, em bate-papos informais no Teatro.

Onde: Sesc Pompeia. R. Clélia, 93. Pompeia.

Quando: 3ª a sábado, 10h às 21h (dom. e fer., 10h/19h). Até 10/5. 

Informações: (11) 3871-7700

-

Uma Mulher Moderna - Fotografias de Gertrudes Altschul

A alemã Gertrudes Altschul chegou no Brasil em 1939 e foi uma das poucas mlheres a participar do Foto Cine Clube Bandeirantes. Suas fotografias mostram experimentos em preto e branco, com abstrações e geometrismos e sobreposições de objetos.

Onde: Casa da Imagem. Rua Roberto Simonsen, 136 B. Centro.

Quando: 3ª a domingo, das 9h às 17h. Até 21/6. 

Informações: (11) 3241-1081

-

Imagine Brasil

A exposição coletiva destaca a produção artística jovem no Brasil, selecionada por três curadores estrangeiros, o norueguês Gunnar Kvaran, o Suíço Hans Ulrich Obrist e o francês Thierry Raspail.

Onde: Instituto Tomie Ohtake. Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201.

Quando: 3ª a domingo, 11h às 20h. Até 3/5.

Informações: (11) 2245-1900

-

Samson Flexor - Traçados e Abstrações

Referência na arte abstrata do País, Samson Flexor (1907-1971) é homenageado em ‘Traçados e Abstrações’, no Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP). A mostra reúne 35 obras do artista, feitas entre 1948 e 1960 – período em que fixou residência no Brasil. O MAC-USP tem outras 12 exposições em cartaz, todas gratuitas.

Onde: MAC-USP Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301. 

Quando: 4ª a domingo, 10h às 18h (3ª, 10h/21h). Por tempo indeterminado.

Informações: (11) 2648-0254

-

Ocupação Hilda Hilst

A escritora Hilda Hilst (1930-2004) está sendo homenageada pelo Itaú Cultural em uma mostra surgiu de uma parceria com o Instituto Hilda Hilst. Na exposição, a trajetória da autora ‘maldita’ é contada em fotografias, manuscritos originais, desenhos e outros objetos pessoais.

Onde: Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, metrô Brigadeiro, 

Quando: 9h às 20h (sáb. e dom., 11h às 20h. Até 21/4. 

Informações: (11) 2168-1776

-

Lux et Filum - Uma visão contemporânea de Caravaggio

Organizado pela renomada retratista brasileira Monica Silva, o projeto fotográfico inspirado nas obras do famoso pintor clássico italiano Caravaggio tem a ideia de explorar o estilo passado do artista para contar o presente. A exposição conta com a adaptação de algumas de suas obras mais conhecidas, como “São Gerônimo Escritor”, “Baco” e “A Ceia em Emaús”.

Onde: Istituto Italiano di Cultura di San Paolo. Av. Higienópolis, 436.

Quando: 3ª a domingo, 10h às 17h. Até 17/04.

Informações: (11) 3660-8888

-

Múltiplo de Leminski

Parte da obra inexplorada de Paulo Leminski está em exposição aos paulistas, numa galeria da Caixa Cultural, e traz mais de mil objetos que retratam a vida do artista. Após anos de pesquisa, o acervo catalogado revela a multiplicidade do artista que, além de músico e compositor, era poeta, romancista, tradutor e ensaísta

Onde: Caixa Cultural São Paulo. Praça da Sé, 111 (8º andar).

Quando: 3ª a domingo, 9h às 19h. Até 03/05.

Informações: (11) 3321-4400

-

Abelardo da Hora 90 anos: Vida e Arte

Menino do Recife, Abelardo da Hora e seus 90 anos ganha uma exposição com 101 obras. O pernambucano, escultor, desenhista, poeta, professor e sobrevivente da ditadura baseava sua obra em duas temáticas fundamentais, o amor e a solidariedade.

Onde: Caixa Cultural São Paulo. Praça da Sé, 111 (8º andar).

Quando: 3ª a domingo, 09h às 19h. Até 10/04.

Informações: (11) 3321-4400

-

Leonardo da Vinci: a Natureza da Invenção

Na comemoração do seu aniversário de 500 anos, Leonardo Da Vinci ganha uma exposição que trata de sua genialidade arquitetônica. Materializados por pesquisadores e engenheiros, em 1952, os estudos e projetos de Da Vinci reúnem mais de 40 objetos e já passaram por França e Alemanha.

Onde: Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso, 1.313 - Avenida Paulista

Quando: 2ª a domingo, das 10h às 20h. Até 10/05, 

Informações: (11) 3146-7405 ou 7406

Mais conteúdo sobre:
é grátis exposição são paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.