Descoberta obra de Beethoven

Foi interpretado ontem pela primeira vez, na Universidade de Manchester, o canto gregoriano Pange Lingua, de Beethoven. Encontrada recentemente em Berlim, a obra inédita foi apresentada por um coro de 10 pessoas da universidade e chamou a atenção dos especialistas." É uma peça surpreendente porque não soa como Beethoven. Se eu não tivesse visto a escrita da partitura, não acreditaria que era dele", destacou Barry Cooper, o professor especialista no compositor alemão. A composição foi criada em 1820, tem dois minutos e utiliza ritmos harmônicos lentos que serviriam para outras obras-primas do compositor. / EFE

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2012 | 03h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.