De 74, O Rebu ganha smartphone, rede social e tablet na nova versão

O enredo da vez, trabalhado por George Moura e Sérgio Goldenberg, bebe diretamente no argumento original que Bráulio Pedroso criou em 1974: um corpo aparece boiando na piscina após uma festa de arromba, e todos os capítulos se passam em torno desta única noite, com as devidas investigações policiais. Assim é O Rebu, novela que a Globo refaz para a vaga de folhetim das 11 da noite, com estreia anunciada para depois da Copa do Mundo.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

02 Junho 2014 | 02h05

A releitura, 41 anos depois do original, traz a história para 2014 e será completamente atualizada, a começar pela presença de redes sociais na movimentação do enredo. Concorrida, a festa será notícia nas redes sociais, antes, durante e depois de sua realização. Trinta aparelhos, entre smartphones e tablets, com mais de 3.500 fotos em um mês de gravação foram providenciados pela produção para alimentar uma grande exposição na web da elegante festa que norteia os 37 capítulos do Rebu atual. O material não será meramente figurativo para ilustrar os novos tempos, terá utilidade de sobra na investigação policial em torno do crime.

O evento lá celebrado comemora um novo empreendimento em parceria entre as empresas de Angela Mahler (Patrícia Pillar) e Carlos Braga (Tony Ramos). E terá direito a cobertura online. Todos os convidados acompanham em tempo real as fotos e informações postadas na web. E dá-lhe selfie e hashtag. "É um caleidoscópio deste mundo virtual, um segundo olhar do que acontece na festa", resume Moa Batsow, que comanda a equipe de produção de arte da novela.

Trato é trato. Sérgio Mallandro pisa no palco de Sabrina Sato e vai logo dizendo que seu sonho é dar um selinho na apresentadora. Ela promete honrar o desejo dele, desde que ele cumpra todas as tarefas que lhes são reservadas. Trato feito. No próximo sábado, na Record.

Benedito Ruy Barbosa, autor de Meu Pedacinho de Chão, nada tem a ver com atrasos nas gravações da novela das 6, que fique claro. O autor entregou todo o texto, original de 1973, antes da estreia.

Acontece que o roteiro de gravações de Meu Pedacinho de Chão muitas vezes é entregue em cima da hora ao elenco, já que a novela é quase toda feita fora do estúdio, em cidade cenográfica, e fica à mercê da meteorologia.

Jargão. Se você é só acompanha futebol em Copa do Mundo e não quer fazer feio na hora do jogo, seus problemas acabaram. O Encontro com Fátima põe no ar hoje um quadro que dissipa dúvidas de leigos na nomenclatura do futebol.

A Culpa é das Estrelas, filme que estreia aqui na quinta, terá espaço no Preview do Telecine Pipoca, hoje, às 22h. Shailene Woodley conta que o diretor Josh Boone a considerava "velha demais para o papel", mas ela insistiu em fazer o teste.

Fatos Paulistanos, série de vinhetas sobre curiosidades da cidade, entra no ar hoje, nos intervalos da TV Gazeta.

Mais conteúdo sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.