1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Corpo de García Márquez será cremado no México

Efe

18 Abril 2014 | 06h 45

Autor de 'Cem Anos de Solidão1 morreu nesta quinta-feira em sua residência da capital mexicana

O corpo do escritor colombiano Gabriel García Márquez, que morreu nesta quinta-feira, será cremado "em particular" e na segunda-feira acontece uma homenagem no Palácio de Belas Artes da capital mexicana. Assim disse a diretora do Instituto Nacional de Belas Artes (Inba), María Cristina García Cepeda, em comunicado que leu em nome da família em frente à casa do Nobel de literatura, no sul da capital mexicana.

 

"O Conselho Nacional para a Cultura e as Artes (Conaculta), a pedido da família de Gabriel García Márquez, informa que o corpo do escritor será cremado em particular. Na segunda-feira a partir das 16 horas será realizada uma homenagem no Palácio de Belas Artes, onde o público poderá homenagear seu legado", finalizou María Cristina.

 

A diretora do Inba foi acompanhada de Jaime Abello, diretor-geral da Fundação Gabriel García Márquez, que afirmou que esta é a única informação que vai ser divulgada sobre a morte do escritor colombiano.

"A ideia agora é repousar, descansar e recuperar um pouco de tranquilidade", acrescentou Abello, aconselhando os vários jornalistas que estão o dia todo na porta da casa. Interrogado sobre as causas da morte do escritor, Abello disse: "Os médicos dirão posteriormente, suponho".

 

O autor de "Cem Anos de Solidão" morreu nesta quinta às 14h (horário local,16h em Brasília) em sua residência da capital mexicana, após estar doente desde as últimas semanas.

 

  • Tags: