Copa rende números recordes a canais esportivos pagos e Twitter

Ao contrário da TV aberta, em que a plateia da Copa já foi maior, a TV paga - que hoje soma 18,6 milhões de assinantes e mais de 52 milhões de indivíduos - tem neste mundial seu maior público até aqui. Os primeiros dados consolidados pelo Ibope para os canais do gênero indicam que o SporTV liderou com folga o segmento durante o jogo de abertura. Teve 240% de vantagem sobre o segundo colocado do ranking pago, que era justamente a ESPN Brasil, e 63% a mais que a soma de todos os canais esportivos pagos durante o evento. No total, 6.438.236 de pessoas passaram pelo SporTV ao longo daquele dia 12, sendo que 2.464.727,23 estiveram no jogo Brasil X Croácia. 

Cristina Padiglione, O Estado de S. Paulo

20 Junho 2014 | 02h06

No universo de TV por assinatura, SporTV e ESPN Brasil ocuparam a terceira e quarta posição, respectivamente, no ranking geral de canais, perdendo só para Globo e Band. 

Entre 16h e 18h do mesmo dia, o SporTV teve 2,41 pontos no Ibope e média de 67 minutos de permanência do telespectador. Na ESPN Brasil, o ibope foi de 0,59% e a permanência de público chegou a 52 minutos. A Fox Sports teve 0,47% de audiência.

Twitter. Nas contas do Ibope e do Twitter para o saldo de comentários sobre a Copa, o dia 14 reuniu o maior número de tweets no mundo: 16,3 milhões. Foi o dia com maior número de jogos - Colômbia X Grécia, Uruguai X Costa Rica, Inglaterra X Itália e Costa do Marfim X Japão. Os dados se referem ao número total de tweets em todos os idiomas durante as partidas e no período anterior (60 minutos) e posterior aos jogos (30 minutos). 

Demi Lovato, Enrique Iglesias e a banda Linkin Park são os alvos dos documentários musicais que a matriz da MTV pretende produzir em breve, com exibição certa na filial brasileira. O gênero ganha novos investimentos do canal por obra de Miley: The Movement, o mais assistido do gênero na MTV americana nos últimos cinco anos.

Aliás, a MTV Brasil põe no ar ainda em julho a série The Ride, que aborda, em cada episódio, a trajetória de um artista de destaque do cenário musical atual, a começar por Macklemore & Ryan Lewis.

Cilada. A Globo acelera os preparativos para a próxima novela das 9, Império, que será anunciada a toda a imprensa ainda no dia 1.º, para estrear no dia 21. A ordem é encerrar o quanto antes Em Família, que se enroscou na questão gay.

Cilada 2. Ao contrário de Amor à Vida, em que a temática gay vencia graças a um final digno de comercial de margarina, com família reunida, a questão agora implica a separação de um casal cujo marido a ser abandonado enfrentou risco de vida e o filho luta pelo casamento dos pais. O público não reagiu bem.

Mais conteúdo sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.