Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura » Céu católico

Cultura

0

Fábio Porchat

27 Fevereiro 2016 | 19h06

Deus

Rubens, seja bem-vindo ao céu.

Rubens

Obrigado.

Deus

Eu sou Deus e fico imensamente feliz de tê-lo conosco. Vou pedir que um dos moradores lhe apresente o local. Adolf!

Hitler (entra)

Pois não?

Deus

Esse é o novo morador do céu, o Rubens. Gostaria que fizesse as honras.

Rubens

Desculpa, Deus. Esse aí é Hitler?

Deus

É.

Rubens

E ele tá no céu? Mas ele é o pior ser humano do mundo!

Deus

Sei que ele cometeu muitas atrocidades, mas era católico e, antes de morrer, se arrependeu. Como você. Não se arrependeu das coisas erradas que fez? 

Rubens

É, me arrependi. 

Deus

É assim que funciona no céu católico. 

Rubens

Ele não merecia nenhum perdão.

Deus

Regras são regras.

Rubens

Bom, então tá. Então gostaria de encontrar a minha mãe, Inez Raposo Araújo.

Deus (vendo uma lista)

Não, ela não tá aqui. Ela foi pro inferno.

Rubens

Por quê? Ela era supercatólica.

Deus

Pois é, mas ela comeu crustáceo a vida toda. Tá na Bíblia, Velho Testamento.

Rubens

Poxa, mas é que ela fez tanta coisa boa. E o meu pai? Carlos Ulhoa Benevides.

Deus

Usou o nome de Deus em vão e trabalhou em dias santos.

Rubens

Mas ele tinha 12 filhos pra sustentar.

Deus

É, mas não rolou...

Rubens

Bom, pelo menos eu consigo encontrar umas pessoas legais tipo Gandhi...

Deus (nega)

Hindu.

Rubens

Martin Luther King...

Deus (nega)

Protestante.

Rubens

O papa João Paulo II...

Deus

Aqui tem poucas pessoas, viu, Rubens. É difícil, realmente, se ater a tudo o que está na Bíblia. Ele fazia a barba, por exemplo, e não pode.

Rubens

Tem alguém aqui que eu conheça?

Deus

Tem um tio-avô seu, Haroldo.

Rubens

Esse cara me molestou.

Deus

Mas se arrependeu. Ah, tem um aqui que você deve conhecer.

Rubens

Quem?

Deus

Adolf, chama lá o Mussolini.

Mais conteúdo sobre:

publicidade

Comentários