Cada novela terá a duração que lhe convém

Nem 100 nem 200 capítulos. O novo conceito da Globo para definir o tamanho das novelas passa a ser a conveniência de cada história. Se Meu Pedacinho de Chão era obra para 100 capítulos, Império vai passar de 200. No comando do fórum criado pelo diretor-geral Carlos Henrique Schroder para novelas, o autor Silvio de Abreu tem lido várias sinopses, para avaliar o que cabe em qual horário e qual duração pode ter cada folhetim. "Cada história tem que ter o tamanho que precisar para ser contada", disse ele à coluna. "O que nós queremos é evitar a tal da barriga" (jargão que define o período em que nada de relevante acontece)."

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

19 Setembro 2014 | 02h07

Sem mais contar com o interesse de São Paulo no apoio financeiro à estrutura da Fórmula Indy, a Band confirmou ontem acordo fechado com Brasília até 2019. A primeira prova no Autódromo Nelson Piquet está marcada para o dia 8 de março.

O horário (6h45 da manhã!) é ingrato, mas o conteúdo vale a pena para crianças que madrugam: o Gloob começa a exibir na segunda-feira, de segunda a sexta, animação baseada na obra O Pequeno Nicolau, clássico infantil da literatura francesa.

Por falar em horário, a nova temporada do Desafio em Dose Dupla Brasil, produção da Mixer para o Discovery, vai tão bem, que ganhará faixa alternativa de exibição a partir deste domingo, às 21h30, com apresentação do primeiro episódio. O horário original, terças-feiras, às 20h30, continua valendo.

Egresso da Band, o apresentador Luciano Faccioli se mudou para o Recife, onde comandará o programa Faccioli na TV, da TV Jornal de Pernambuco, afiliada do SBT e integrante do Sistema Jornal do Commercio. Estreia 2.ª, às 12h05.

Até o canal Megapix se rende ao Dia das Crianças. A partir de outubro, as manhãs de sábado serão ocupadas pela sessão Megakids, que estreia com Deu a Louca na Chapeuzinho 2 e segue com Jimmy Neutron: O Menino Gênio, Astro Boy e Mulan.A Record celebra a presença do novo aplicativo do reality A Fazenda no topo da lista de consumo da Apple Store.

Com orçamento de R$ 800, o pessoal do Cinelab, primeira produção nacional do Universal Channel, montou um cenário apocalíptico dominado por zumbis, em alusão a megaproduções do gênero. Para tanto, a equipe foi até Cubatão e gravou a simulação em ruas vazias. No ar domingo, às 21h45.

O herdeiro. Sujeito que deu a José Alfredo (Alexandre Nero) a oportunidade de enriquecer, Sebastião Ferreira (Reginaldo Faria) não sabia, mas tinha um filho. Ele entra em Império na próxima semana, com cara de Carmo Dalla Vecchia, que já gravou com Lilia Cabral em Carrancas, interior de Minas - local que, na trama, é tratado como Monte Roraima.

Mais conteúdo sobre:
Cristina Padiglione televisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.