Brasil disputa sete categorias no Emmy Internacional

Globo concorre em cinco categorias, incluindo a de melhor atriz, com Lília Cabral, e ator, com Lázaro Ramos

08 Outubro 2007 | 15h37

O Emmy Internacional na categoria artística - que não inclui programas jornalísticos - terá sete representantes brasileiros na final que será realizada 19 de novembro, no Hilton Hotel de Nova York.   Os finalistas foram divulgados domingo, 7, em Cannes, na MipCom, uma das maiores feiras de TV do mundo.   A Rede Globo concorre em cinco categorias, incluindo a de melhor programa artístico com o especial Por Toda a Minha Vida - Elis Regina.   Lília Cabral disputa o prêmio de melhor atriz por sua vilã Marta na novela Páginas da Vida, de Manoel Carlos. Na corrida pelo título de melhor ator está Lázaro Ramos com seu Foguinho de Cobras & Lagartos, trama de João Emanuel Carneiro.   O especial Os Amadores, também da Globo, está entre os programas de comédia. A emissora ainda ganhou indicação de Antônia, co-produção com a O2 Filmes, na disputa pelo prêmio de melhor minissérie ou filme para TV.   A produtora Radar Mixer ganhou indicação de melhor série dramática com Mothern, do GNT. Na área infanto-juvenil, o País concorre com a série O Menino Maluquinho, da TVE.   A Globo teve indicações também para o Emmy Internacional que contempla o jornalismo, realizado mês passado, com o Jornal Nacional e com o Linha Direta, mas não levou prêmio nenhum.   O maior rival do Brasil é o Reino Unido, que neste ano compete em oito categorias.

Mais conteúdo sobre:
Emmy Internacional Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.