Bossa nova vira patrimônio cultural do Rio de Janeiro

A meses da festa por seus 50 anos, a bossa nova, nascida na zona sul do Rio de Janeiro, foi decretada patrimônio cultural carioca. A medida, do prefeito do Rio, Cesar Maia, foi publicada ontem no Diário Oficial do município. O prefeito levou em consideração a importância do movimento para a cidade e para a música brasileira (as canções de Tom Jobim, Vinicius de Moraes e companhia e o novo modo de tocar e cantar são tidos como cruciais à sua modernização). Em seu decreto, ele também destacou o ?valioso legado musical? da bossa nova. A medida tem como intenção ajudar na preservação da ?memória intangível da cultura carioca?. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

AE, Agencia Estado

17 Outubro 2007 | 13h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.