Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Boni pede mais um dia para decidir se aceita cargo de secretário

Empresário que trabalhou por 30 anos na TV Globo afirma que terá a resposta definitiva amanhã (sexta) ao convite do prefeito eleito João Doria para assumir a Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo: "Fazer essa mudança (do Rio para São Paulo) é algo muito caro

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2016 | 16h10

O empresário José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ainda não tem a resposta definitiva se vai ou não aceitar o convite do prefeito eleito, João Doria, para assumir a secretaria de Cultura de São Paulo a partir de 2017. Boni disse que, apesar de sua imensa vontade de atender ao pedido, teria muitos problemas com a transferência de sua estrutura pessoal e profissional do Rio de Janeiro para São Paulo. Aos 80 anos, Boni vive no Rio desde 1963 e trabalha à frente de 27 emissoras de sua TV Vanguarda.

Ao Estado, Boni voltou a pedir um novo prazo. "Vou dar a resposta definitiva até amanhã (sexta, dia 28)". Ele tem adiado sua decisão, segundo o próprio, por questões ligadas à logística da mudança. "É tudo muito caro", comentou com a reportagem. Caso não aceite o cargo de secretário, Boni diz que vai se colocar à disposição de Doria para participar da secretaria de alguma forma.

Mais conteúdo sobre:
Boni João Doria Rio de Janeiro São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.