Júlio Vilela/AE - 09/10/96
Júlio Vilela/AE - 09/10/96

Atriz Leila Lopes é encontrada morta em São Paulo

Ao lado do corpo havia remédios antidepressivos; ela atuou nas novelas 'Pantanal', 'O Rei do Gado' e 'Renascer'

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

03 Dezembro 2009 | 04h06

A atriz Leila Lopes, de 40 anos, foi encontrada morta, por volta das 2 horas desta quinta-feira, 3, dentro de seu apartamento, num dos blocos do Condomínio Alto do Morumbi, na altura do n.º 538 da Rua Professor Horácio Meireles Teixeira, na Vila Suzana, região do Morumbi, zona sul de São Paulo. PMs do 16º Batalhão foram acionados via 190 por uma testemunha e, ao chegarem no local, encontraram a atriz já morta, no quarto.

Ao lado do corpo dela foram encontrados remédios antidepressivos, o que leva a polícia a trabalhar com a hipótese de suicídio por overdose de medicamentos. Uma equipe dos bombeiros também foi acionada até a residência e constatou parada cardiorrespiratória seguida de morte. O delegado plantonista do 89.º Distrito Policial, do Portal do Morumbi, esteve no imóvel e acionou a perícia. Segundo a polícia, nenhuma marca de violência física teria sido encontrada no corpo dela.

 

Entre seus trabalhos na TV realizados pela atriz estão as novelas Pantanal, em 1990, quando interpretou Lúcia; O Rei do Gado, em 1996, fazendo o papel de Suzane; e Renascer, em 1993, no papel da professorinha Lu. A atriz, que nasceu em 1969 na cidade de São Leopoldo (RS), também fez um ensaio fotográfico para a edição de março de 1997 da revista Playboy e atuou no filme pornográfico Pecados e Tentações.

Mais conteúdo sobre:
Leila Lopes morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.