Ator Tom Sizemore é sentenciado a 16 meses de prisão

Astro de ´O Resgate do Soldado Ryan´ violou condicional e foi pego com drogas

Agencia Estado

07 Junho 2027 | 14h54

O ator Tom Sizemore, conhecido principalmente por seus papéis em filmes de guerra como O Resgate do Soldado Ryan e Falcão Negro em Perigo foi sentenciado na segunda-feira a 16 meses de prisão por violar sua condicional em uma condenação anterior por posse de drogas. O ator de 45 anos terá de voltar ao tribunal, no entanto, nesta terça-feira, 26, para audiência que vai determinar se ele receberá crédito pelo tempo que passou em clínicas residenciais de tratamento antidrogas. Na semana passada, Sizemore admitiu no tribunal ter violado sua condicional numa condenação criminosa anterior por drogas e suplicou clemência à juíza da Corte Superior de Los Angeles, implorando "por favor me dê só mais uma chance para mim mesmo". Sizemore estava cumprindo liberdade condicional de três anos quando, em 8 de maio, foi preso diante de um hotel da Califórnia por suspeita de posse de metanfetamina. Sua condicional por uma condenação anterior por posse de metanfetamina foi revogada em 2005, quando ele admitiu ter usado uma prótese peniana numa tentativa de falsificar um exame de urina. Mas ele se internou num hospital psiquiátrico para tratar-se de depressão crônica e dependência de drogas, condições que, segundo um médico, Sizemore vem combatendo há anos, e mais tarde um juiz revalidou sua condicional.

Mais conteúdo sobre:
Tom Sizemore ator

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.