1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ator Rubens de Falco morre aos 76 anos

Da Redação

22 Fevereiro 2008 | 11h 12

Artista que se consagrou como o vilão Leôncio, de 'A Escrava Isaura', estava internado há dois anos

O ator Rubens de Falco morreu na manhã desta sexta-feira, 22, em função de uma parada cardíaca. O artista de 76 anos estava internado no Centro Integrado de Atendimento ao Idoso (Ciai), no Morumbi, em São Paulo, havia dois anos. Ele tentava se recuperar dos problemas causados por um derrame.   Na televisão, o ator trabalhou em duas versões da novela A Escrava Isaura. A primeira, exibida pela TV Globo entre 1976 e 1977, consagrou Rubens de Falco como o vilão Leôncio. Na segunda adaptação, realizada pela Record, o artista ficou com o papel do comendador Almeida, pai de Leôncio, e repetiu o sucesso.   Já no cinema, integrou o elenco de filmes como Nós, os Canalhas (1975) e Pixote: A Lei do Mais Fraco (1980).