Amores, possíveis e simpáticos

Programa de Proteção para Princesas

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2012 | 03h11

15H55 NA GLOBO

(Princess Protection Program). EUA, 2007. Direção de Allison Liddi, com Demi Lovato, Selena Gomez, Nicholas Braun, Molly Hagan, Johnny Ray

Rodriguez, Jamie Chung.

Ameaçada por um ditador, princesa de contos de fadas integra-se ao programa de proteção do universo de fantasia e se abriga na casa de um dos diretores do tal programa. Ela se faz passar por adolescente comum, e se envolve nas atividades da filha do seu protetor. A ideia desse filme é mais divertida do que sua realização, mas é interessante ver, no fundo, como as meninas reagem à velha máxima do 'viveram felizes para sempre'. Reprise, colorido, 89 min.

Sukiyaki Western Django

22 H NA CULTURA

(Sukiyaki Western Django). Japão, 2007. Direção de Takashi Miike, com Hideaki Itô, Masanobu Andô, Kôichi Satô, Quentin Tarantino.

O horário da Mostra reprisa, e agora dublado, o longa em que Takashi Miike mistura gêneros e presta sua homenagem ao spaghetti western. O herói é um espadachim que se envolve na guerra de clãs num vilarejo do Japão medieval. Quentin Tarantino faz um pequeno papel e ele próprio acaba de fazer Django Livre, que também homenageia o faroeste italiano (e estreia no fim de ano, a tempo de se candidatar para o Oscar). Reprise, colorido, 53 min.

Recém-Casado

22H45 NO SBT

(Recien Cazado). México, 2009.

Direção de Rene Bueno, com Jaime Camil, Gabriela Vergara, Angelica

Aragon, Otto Sirgo.

Comédia mexicana que segue receitas de filmes românticos de Hollywood. Filho de uma taróloga é o maior garanhão e fica com as mais belas garotas. Certa manhã ele acorda com uma na cama e ela anuncia que se casaram na noite anterior. Ele vai tentar desfazer a união, mas se você acha que ele não vai se apaixonar por ela é porque não entende nada de comédia romântica. Inédito, colorido, 95 min.

Resident Evil 2 - Apocalypse

23 H NA REDE BRASIL

(Resident Evil: Apocalypse). Alemanha/França/Inglaterra/Canadá, 2004. Direção de Alexandre Witt, com Milla Jovovich, Sienna Guillory.

O segundo filme da série produzida por Paul Anderson com base no videogame famoso. Milla Jovovich volta à pele de Alice e começa a organizar a resistência contra a Umbrella, que disseminou pelo mundo a praga que transforma pessoas em mortos-vivos. O diretor Witt assina a segunda unidade, responsabilizando-se pelas cenas de ação de 007 - Operação Skyfall, que estreia hoje (mas desde ontem está em salas de todo o Brasil). Reprise, colorido, 93 min.

Amores Possíveis

23H30 NA TV BRASIL

Brasil, 2000. Direção de Sandra Werneck, com Murilo Benício, Carolina Ferraz, Irene Ravache, Emílio de Mello, Beth Goulart, Drica Moraes, Alberto Szafran, Christine Fernandes, Luiza Mariani, Bemvindo Sequeira, Sílvio Posato, Luciana Valério, Marcela Moura, Sílvia Helena.

Três histórias de amor que se articulam em torno de uma ida dos personagens ao cinema. Murilo Benício e Carolina Ferraz marcam encontro na porta da sala, desencontram-se e o filme apresenta três possíveis alternativas para seguir com a trama. Engenhoso, simpático, senão brilhante. O elenco ajuda e o terceiro episódio é o mais inusitado - Murilo, que costuma ficar com suas colegas de elenco (a da vez é Débora Fallabela, a Nina de Avenida Brasil), faz um hétero que vira gay. Reprise, colorido, 90 min.

Winnebago Man - O Homem Mais Raivoso do Mundo.

0H15 NA CULTURA

(Winnebago Man - The Angriest Man In The World). EUA, 2009. Direção de Bem Steinbauer.

Documentário que investiga o anônimo mais famoso do mundo. Jack Rebney protagonizou um vídeo que virou fenômeno na internet. Quem é ele? Nas verdade, o que o diretor Steinbauer quer discutir é a nova cultura de massas. Reprise, colorido, 87 min.

Jack - O Demônio do

Halloween

1H40 NA REDE BRASIL

(Jack-O). EUA, 1995. Direção de

Steve Latshaw, com Linnea Quigley, Maddisen K. Krown.

Fantasia que conta a história do famoso demônio do Halloween, aquele que tem a cabeça de abóbora e ostenta uma lâmina que parece uma foice. Reprise, colorido, 88 min.

TV Paga

O Que Terá Acontecido a Baby Jane?

14 H NO TCM

(Whatever Happened To Baby Jane?). EUA, 1962. Direção de Robert Aldrich, com Bette Davis, Joan Crawford, Victor Buono.

Após o estrondo inicial de sua carreira, e antes de retomar as graças do público e da crítica, Aldrich passou por uma má fase. Ao ler o anúncio de jornal em que Bette Davis, também na pior, pedia emprego na indústria, ele teve a ideia para esse filme sobre duas irmãs, ambas garotas prodígio, que envelheceram mal e agora infernizam a vida uma da outra, numa velha mansão gótica. O grand guignol, nos limites do terror, dividiu os críticos, mas o público curtiu. No Brasil, as irmãs Linda e Dircinha viveram uma história parecida, o que fez do cult de Aldrich uma cruel antecipação da realidade. A emissora mostra o filme dublado. Reprise, preto e branco, 132 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.