Ai Weiwei e Pussy Riot entre os 100

A banda punk russa Pussy Riot e o dissidente chinês Ai Weiwei foram as surpresas na lista das 100 personalidades mais importas do mundo das artes, divulgada ontem pela revista britânica Art Review. A Pussy Riot ficou famosa mundialmente em fevereiro, quando as três integrantes invadiram uma catedral em Moscou para protestar contra o presidente Putin. Já o artista plástico Ai Weiwei, conhecido opositor do governo chinês, foi condenado sob acusação de evasão fiscal. A lista da Art Review é liderada pela curadora norte-americana Carolyn Christov-Bakargiev, que organiza a feira Documenta 13 em Kassel, na Alemanha. / AP

O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.