A delicadeza de o elixir do amor

Uma caricatura publicada num jornal parisiense nos anos 1840 mostra Gaetano Donizetti em ritmo frenético, o olhar maníaco, trabalhando em duas óperas ao mesmo tempo. A imagem é inspirada - afinal, ao longo de sua vida, o compositor escreveu cerca de 80 óperas. E, embora só um punhado delas tenha se mantido no repertório, títulos como Lucia di Lammermoor ou O Elixir do Amor, que ganhou nova montagem estreada na terça-feira no Teatro São Pedro, atestam a importância de seu autor como elo fundamental na história do gênero, marcando a passagem do classicismo para a linguagem romântica.

O Estado de S.Paulo

28 Junho 2012 | 03h11

No caso específico do Elixir, o que chama a atenção, além de inovações no papel do acompanhamento orquestral (em especial na orquestração) ou da riqueza do libreto (do dramaturgo Felice Romani), é o modo como esses elementos se articulam em torno de um justo senso teatral. E essa característica fica evidente numa montagem equilibrada como a do São Pedro, em que todos os elementos parecem se encaixar de modo espontâneo. O belo cenário de Sílvio Galvão e a luz de efeitos delicados de Fábio Retti oferecem um pano de fundo sólido sobre o qual podem atuar a inventiva direção cênica de Walter Neiva e a regência segura de Emiliano Patarra.

O Nemorino de Sebastien Gueze; a Adina de Gabriella Pace; o Belcore de Sebastião Teixeira; o Dulcamara de Saulo Javan; a Gianneta da estreante Thayana Roverso - na atuação inspirada dos solistas, tanto no aspecto musical como no cênico, o Elixir ganha em profundidade por meio do diálogo entre passagens de comédia escancarada, como a cena da chegada do charlatão Dulcamara, e outras de caráter mais intimista, caso da ária "Una Furtiva Lagrima"; ou naqueles em que ambos os tons se misturam, como nos duetos de Adina e Nemorino, interpretados com delicadeza comovente.

Crítica: João Luiz Sampaio

JJJJ ÓTIMO

JJJ BOM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.