Spielberg no topo da bilheteria norte-americana com 'Jogador Nº 1'

Spielberg no topo da bilheteria norte-americana com 'Jogador Nº 1'

O filme de ficção científica abriu com 41,7 milhões de dólares em ingressos, muito à frente do suspense 'Acrimony', que também estreou no fim de semana, com 17,1 milhões de dólares, ficando em segundo lugar.

AFP

02 Abril 2018 | 22h23

A nova odisseia futurista de Steven Spielberg, Jogador Nº1, uma homenagem aos filmes dos anos 1980, ficou em primeiro lugar nas bilheterias de Estados Unidos e Canadá em sua estreia no feriado de Páscoa.

O filme de ficção científica abriu com 41,7 milhões de dólares em ingressos, muito à frente do suspense Acrimony, que também estreou no fim de semana, com 17,1 milhões de dólares, ficando em segundo lugar.

Jogador Nº1 conta a história de um adolescente que esquece seu mundo funesto de 2045 entrando no mundo virtual, cheio de aventuras e perigo.

Considerado pelos críticos como uma obra testamento de Spielberg, o filme é cheio de efeitos especiais e multiplica as referências a produções populares dos anos 1980 e 1990, sobretudo do aclamado diretor, como E.T. - O Extraterrestre, Tubarão e Jurassic Park: Parque dos Dinossauros.

De acordo com a revista Variety, é a melhor estreia para um filme de Spielberg em uma década.

A primeira obra do universo Marvel com um super-herói negro, Pantera Negra, caiu para a terceira colocação das bilheterias norte-americanas, com 11,4 milhões. Após sete semanas em cartaz na região, o filme arrecadou 650,9 milhões de dólares.

+++ Análise: 'Jogador N.º 1' mostra a luta por democracia no mundo virtual

Na quarta posição, com 10,4 milhões, está Eu só posso imaginar, um drama de baixo orçamento protagonizado por J. Michael Finley como o vocalista de uma popular banda cristã.

Os robôs de Círculo de Fogo: a revolta que lutam contra extraterrestres que querem exterminar a humanidade caíram da primeira para a quinta colocação, vítimas das críticas, com 9,3 milhões de dólares (45,8 milhões em duas semanas).

Completando o top 10 estão:

6 - "Gnomeu e Julieta: o mistério do jardim" (US$ 7 milhões)

7 - "Tomb Raider: a origem" (US$ 4,9 milhões)

8 - "Uma dobra no tempo" (US$ 4,8 milhões)

9 - "Com amor, Simon" (US$ 4,7 milhões)

10 - "Paulo, apóstolo de Cristo" (US$ 3,5 milhões)

Mais conteúdo sobre:
Steven Spielberg

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.