MOLLY RILEY| Reuters
MOLLY RILEY| Reuters

Sidney Poitier será homenageado com o Bafta de Honra 2016

A cerimônia de entrega do prêmio será dia 14 de fevereiro; ator se disse honrado e agradecido pelo reconhecimento

O Estado de S.Paulo

13 Janeiro 2016 | 17h01

O ator americano Sidney Poitier receberá no dia 14 de fevereiro, data da cerimônia do prêmio Bafta, o prêmio honorário Bafta Fellowship, informou nesta quarta-feira, 13, a Academia Britânica de Cinema e Televisão.

A cada ano este prêmio lembra a extraordinária e excepcional contribuição ao cinema, televisão ou ao jogos dos profissionais da indústria.

Entre os ganhadores estão atores e atrizes como Julie Walters, Helen Mirren, Anthony Hopkins e Sean Connery, e diretores e produtores como Martin Scorsese, Charlie Chaplin e Woody Allen.

"Estou muito honrado por ter sido o eleito para receber o Bafta honorário e também muito agradecido à Academia Britânica por me dar este reconhecimento", disse o ator no site dos prêmios.

O intérprete, nascido nas Bahamas, conta em seu currículo com seis indicações aos prêmios britânicos, um Bafta e um Urso de prata por seu papel protagonista em "Fugitivos" (1958) e um Oscar, um Globo de Ouro e um Urso de prata ao Melhor Ator Principal por "Uma Voz Nas Sombras" (1963).

Outras interpretações louvadas por público e crítica foram "O Caso Bedford" (1965), "Adivinhe Quem Vem para Jantar" (1967) e "No Calor da Noite" (1967), em que combinou com o seu trabalho de diretor, como fez em nove produções.

Em 2002 recebeu um Oscar honorário por "suas interpretações, por sua presença única na tela e por representar a indústria com dignidade, estilo e inteligência".

Em 2006 recebeu o Prêmio Britannia por toda uma vida dedicada à indústria cinematográfica internacional, e em 1974 foi nomeado cavaleiro da Ordem do Império Britânico.

Poitier foi embaixador das Bahamas no Japão e na Unesco, além de ter recebido em 2009, das mãos do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a Medalha Presidencial da Liberdade, a condecoração civil mais importante do país.

 

Mais conteúdo sobre:
Sidney Poitier

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.