Sharon Stone fará leilão em combate à aids no Festival de Roma

Atriz leiloará nove fotos suas em prol da pesquisa sobre aids organizado pela associação Cinema Against Aids

ANSA,

07 Outubro 2023 | 13h42

Sharon Stone estará presente no encerramento do Festival de Roma para conduzir a primeira edição italiana do leilão em prol da pesquisa sobre aids organizado pela associação Cinema Against Aids.   A atriz, que leiloará nove fotos suas feitas pelo fotógrafo Mark Liddel, declarou em entrevista à revista Vanity Fair que "a aids não é uma doença que já está sob controle. Na realidade os soropositivos são 40 milhões".   "Na metade dos anos 80, quando eu atuava como modelo em Nova York, tinha muitos conhecidos no mundo da moda e do teatro. Vi muitas pessoas queridas adoecerem e morrerem", contou Sharon, acrescentando que "se percebeu muito cedo que a doença não atingia só os gays, mas restringi-la à comunidade homossexual foi cômodo para os moralistas".   O jantar exclusivo organizado pela Cinema Against Aids já tem todas as mesas, que podem custar até US$ 35 mil (R$ 70 mil), reservadas, o que ajudará a associação a igualar o recorde de US$ 7 milhões (R$ 14 milhões) recolhidos em Cannes este ano.   A atriz não acredita que a doença esteja sob controle: "Na realidade, os soropositivos são 40 milhões. Nós duas estamos conversando há dez minutos. Nesses dez minutos acabam de morrer pelo menos dez crianças", disse Sharon à Vanity Fair.   Sobre o fato de dois terços dos soropositivos do mundo encontrarem-se na África, a atriz responde: "Mas ainda essa história de África? E o outro terço onde está? Digamos de uma vez por todas: a aids não mata somente lá embaixo, mata também na Europa e na América, e as vítimas são sobretudo as mulheres. O fato de que em alguns ambientes privilegiados haja facilidade de acesso aos remédios não resolveu o problema. Mas nenhum governo gosta de divulgar isso".   A atriz disse que essa não é uma forma de fazer política, que "ao contrário, a política institucional é que tem sido uma forma leve de afrontar os problemas".   Questionada sobre sua vida amorosa, Sharon declarou não ter encontrado um novo companheiro: "A mim interessa somente o amor, aquele verdadeiro. Ao redor de mim vejo gente insegura, que se contenta com sentimentos fracos".

Mais conteúdo sobre:
Sharon Stone Festival de Roma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.