Valerie Macon/ AFP
Valerie Macon/ AFP

Presidente da Amazon Studios renuncia após denúncia de assédio sexual

Roy Price está sendo acusado de assédio pela produtora Isa Dick Hackett, filha do escritor de Philip K. Dick

EFE

18 Outubro 2017 | 08h56

O presidente da Amazon Studios, Roy Price, renunciou nesta terça-feira, 17, ao cargo após as acusações de assédio sexual contra ele reveladas na semana passada e que já tinham levado a empresa a suspendê-lo de suas funções.

O jornal Los Angeles Times, citando um porta-voz da Amazon, revelou a saída de Price, que será substituído interinamente por Albert Cheng.

Na última quinta-feira, o site The Hollywood Reporter publicou uma entrevista com Isa Dick Hackett, filha do escritor de ficção-científica Philip K. Dick, produtora nas séries The Man in the High Castle e Philip K. Dick's Eletric Dreams.

Após o enorme escândalo envolvendo o produtor Harvey Weinstein, envolvido em vários casos de assédio sexual, Hackett disse se sentir motivada para revelar uma experiência "impactante e surreal" ocorrida em 2015, que envolvia Price e que já tinha sido noticiada em agosto pelo site "The Information".

Segundo Hackett, Price se insinuou para ela de maneira reiterada e insistente enquanto os dois viajavam em um táxi após um evento promocional na Comic-Con de San Diego.

"Você ficará encantada com minha pi...", disse o executivo da Amazon, insistindo em fazer novas propostas sexuais a Hackett apesar das negativas da produtora. Em uma festa posterior, por exemplo, ele cochichou ao ouvido dela "sexo anal".

Hackett informou à cúpula da Amazon sobre o ocorrido, e a empresa abriu uma investigação contra Price. Apesar dela não ter conhecimento do resultado do caso, disse ter notado que não encontrou mais em nenhum evento com ele.

"Ter poder e influência é uma enorme responsabilidade. Como alguém com certo poder, sinto que é imperativo para mim que fale. Quero chamar a atenção para o comportamento de Price e também me manter em um certo padrão. É difícil pelo fato de que tenho dois programas que me encantam", explicou Hackett.

Price trabalhava na Amazon desde 2004. Como responsável do estúdio da empresa, esteve por trás de séries como "Mozart in the Jungle" e filmes como "Manchester à Beira Mar". 

 

Mais conteúdo sobre:
Amazon Harvey Weinstein

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.