Joshua Lott/ Reuters - 2008
Joshua Lott/ Reuters - 2008

Polícia britânica investiga denúncia de assédio sexual contra Kevin Spacey

Um representante do ator garantiu que ele 'está tomando o tempo necessário para buscar avaliação e tratamento'

EFE

03 Novembro 2017 | 17h57

LONDRES - A polícia do Reino Unido está investigando uma denúncia contra o ator americano Kevin Spacey por um caso de assédio sexual supostamente cometido em Londres em 2008, informou nesta sexta-feira o jornal The Sun.

A Polícia Metropolitana de Londres (Scotland Yard) confirmou que o Departamento de Abuso Infantil e Crimes Sexuais investiga uma denúncia recebida em 1º de novembro, que alega que "um homem atacou sexualmente outro homem em 2008 no bairro de Lambeth".

+ Segunda acusação de assédio sexual contra Dustin Hoffman vem à tona

Segundo a informação do The Sun, o denunciante, que naquele momento tinha 23 anos e pretendia se tornar ator, acordou no meio de "um ato sexual" com Spacey no apartamento do artista na capital britânica, após ter sido convidado para tomar uma taça de vinho na noite anterior.

De acordo com as fontes do jornal, ambos fumaram maconha, o jovem desmaiou e, quando recuperou a consciência, se deu conta que estava sendo abusado sexualmente pelo ator.

+ Produtor de cinema Harvey Weinstein se afasta após acusações de assédio sexual

A vítima, que disse que buscava conselhos para sua carreira, foi embora rapidamente do apartamento, após a estrela de Hollywood ter lhe advertido que "não devia contar a ninguém" o ocorrido, relatou The Sun.

O jornal destaca que esta é a primeira denúncia policial no Reino Unido contra Spacey, que foi acusado de abusos sexuais por vários homens de diferentes países nos últimos dias.

+ Gravações de 'House of Cards' são suspensas após Kevin Spacey ser suspeito de assédio sexual

Um representante do ator garantiu na quarta-feira que Spacey "está tomando o tempo necessário para buscar avaliação e tratamento", após ver-se envolvido desde o domingo passado neste crescente escândalo de assédio sexual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.